Fechar

logo

Fechar

Senado pede ajuda a Sérgio Moro para tentar desvendar fraude em eleição

Da Redação*. Publicado em 15 de fevereiro de 2019 às 11:54.

A Corregedoria do Senado solicitou a ajuda do ministro da Justiça, Sérgio Moro, para desvendar o caso de fraude na votação da presidência da Casa, no último dia 2.

Quando da eleição do novo presidente da Casa, foi encontrado um voto a mais do que o número de votantes (81).

Segundo o ´Estadão´, para tentar desvendar a fraude estão sendo analisadas as imagens das emissoras de TV que cobriram as eleições, como também cerca de 11 mil fotografias.

Para o corregedor do Senado, Roberto Rocha (PSDB-MA), “é pouco provável” que o voto duplo tenha sido um equívoco, mas sim um ato intencional.

Rocha revelou que pelas imagens do voto de cada um dos 81 senadores, de seis não há clareza nos vídeos.

O corregedor lamentou ao jornal a falta de preservação das provas que poderiam ajudar na investigação.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Durante o tumulto proporcionado pelo ´82º voto´, o senador José Maranhão (MDB-PB), que presidia a sessão, segurava os dois votos da discórdia na mão e decidiu rasgar as cédulas.

“Foi uma coisa instintiva. Todo mundo falou ‘Rasga! Rasga!’. Eu rasguei”, declarou Zé no dia seguinte.

Segundos antes, porém, uma câmera da Rede Globo (de acordo com o ´Estadão´) focalizou as cédulas nas mãos de Zé e mostrou que, nas duas, o nome do senador Renan Calheiros (MDB-AL) estava assinalado.

O paraibano seria um dos seis senadores cujos votos não teriam ´clareza´.

*fonte: estadao

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube