Fechar

logo

Fechar

Romero opina sobre possível aproximação de deputado aliado com João Azevêdo

Da Redação. Publicado em 7 de fevereiro de 2019 às 13:35.

Muito tem se falado, nos bastidores da política, sobre uma possível aproximação do deputado Manoel Ludgério (PSD) ao governador do Estado, João Azevedo (PSB).

Esta semana, o parlamentar, que atualmente compõe a bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba, posicionou-se contrário a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na ALPB, para investigar os possíveis casos de irregularidades em contratos firmados com a Cruz Vermelha para administrar hospitais do Estado.

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), até então aliado de Ludgério, afirmou que não pode fazer nenhum pré-julgamento sobre o fato e que não está dentro da Assembleia para saber se a CPI cabe ou não ser instalada.

Ele destacou que não vai estar “monitorando” as atitudes e a “vida de quem quer que seja”, e que se o deputado Manoel está dizendo “que não há necessidade, é, portanto, com a consciência própria”.

O gestor ressaltou que não irá se preocupar com os problemas dos outros, pois estará cuidado da cidade de Campina Grande que já tem dificuldades o suficiente.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Entretanto, frisou que tem respeito pelo deputado Manoel Ludgério, bem como pela esposa dele, a presidente da Câmara de Campina Grande, vereadora Ivonete Ludgério (PSD), a qual sempre ajudou dentro da Casa de Félix Araújo.

– Todos sabem, os vereadores, e a própria vereadora Ivonete, que o que eu pude colaborar, em termos de consolidação da candidatura dela na Casa, fiz com a consciência tranquila e vou continuar com a consciência tranquila, esperando que continue como sempre foi e contando com o apoio de todos eles – explanou.

O chefe do Executivo municipal ainda destacou que não estará tratando do processo eleitoral de 2020, a não ser no tempo oportuno.

– Esse prazo é natural, normal. Campina já respira política e as pessoas não saem, sequer, do palanque. Imagine se você for antecipar um processo eleitoral? Ninguém vai mais trabalhar. Nem todo mundo quer saber de eleição. As pessoas querem é saber de resultados – finalizou Romero, em entrevista à Rádio Correio FM.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube