Fechar

logo

Fechar

Reitor da UEPB explica mudança de nomenclatura dos períodos

Da Redação*. Publicado em 5 de fevereiro de 2019 às 7:49.

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Antonio Rangel Junior, concedeu na manhã dessa segunda-feira (4), entrevista à rádio Cariri FM, em que comentou várias questões que envolvem o calendário acadêmico e a situação atual da universidade.

– A universidade vinha desde praticamente três anos atrás com quase um semestre letivo em atraso por conta de greves que aconteceram em 2013, 2015 e 2017. Juntando as três greves, o atraso no período letivo é de quase um ano – pontuou.

A soma das três greves, segundo Rangel Junior, é responsável por prejudicar de forma direta a vida acadêmica dos alunos espalhados nos sete campi da instituição.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O reitor falou sobre a decisão de renomeação do período de 2018.2 para 2019.1, explicando que, a mudança em nada afetará a formação dos discentes.

– Em 2018, por força da situação que a universidade vinha enfrentando, nós tivemos que reduzir, de forma relativamente drástica, o quantitativo de professores e técnicos temporários, o conjunto de atividades, a nossa capacidade de continuar fornecendo bolsas para os estudantes – explicou.

A nota emitida pelo pró-reitor Eli Brandão da Silva, em 13 de dezembro do ano passado, reafirma  a declaração de Rangel:

“Os estudantes não serão prejudicados com a mudança, nem mesmo no que diz respeito à elaboração e à emissão de documentos atinentes à sua vida acadêmica. Isso porque cada Histórico Escolar contará com uma nota explicativa indicando a mudança de nome do semestre, afastando eventuais interpretações que responsabilizem o discente por essa perda.”

O início do período 2019.1 acontece no dia 18 deste mês.

*As informações foram veiculadas na rádio Cariri FM (101.1)

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube