Fechar

logo

Fechar

PT de Campina Grande não descarta disputar prefeitura em 2020

Da Redação. Publicado em 9 de fevereiro de 2019 às 7:40.

Foto: Paraibaonline

O Partido dos Trabalhadores (PT) pode vir a lançar um candidato próprio para disputar a prefeitura de Campina Grande no ano de 2020, se depender da vontade expressa pelo presidente municipal da sigla, Márcio Caniello.

Caniello diz que já defendeu a tese tanto em reuniões com a instância estadual do partido quanto com o agrumamento municipal. Segundo ele, a discussão está ocorrendo internamente pela sigla.

A procura espontânea de novos militantes por filiação e a votação na cidade para o candidato petista Fernando Haddad, segundo colocado nas eleições presidenciais de 2018, são fatores que sustentam seu desejo.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no primeiro turno, Haddad conquistou 45.065 dos votos, o equivalente a 20,63% do total contra 50,61% de Jair Bolsonaro. No segundo, subiu para 98.243 (43,70%) contra 56,30%.

“Por meio do diálogo entre a militância do PT e uma militância espontânea maravilhosa que nos procurou, percebemos, neste processo, que a esquerda precisa apresentar um projeto para a prefeitura”, afirmou.

O presidente lembra ainda que a candidatura seria uma alternativa para “o jogo entre famílias que temos a tanto tempo em Campina Grande”. Acrescentou que a defesa por candidatura própria vem desde 2012 e 2016.

O PT só assumiu a prefeitura de Campina Grande em uma única ocasião. Foi com Cozete Barbosa. Vice-prefeita, ela assumiu o cargo após a renúncia de Cássio Cunha Lima. Em 2002, Cássio deixou o cargo para candidatar-se a governador da Paraíba, sendo eleito em segundo turno. Em seu lugar, assumiu Cozete para administrar a cidade entre os dias 5 de abril de 2002 e 31 de dezembro de 2004.

A informação foi transmitida pela Caturité FM.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube