Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Deputado pede punição a denunciados na Operação Calvário II na Paraíba

Da Redação*. Publicado em 11 de fevereiro de 2019 às 10:26.

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) pediu que haja uma fiscalização rigorosa e uma posição firme do governador João Azevêdo, diante das denúncias da Operação Calvário II, que investiga um suposto esquema de corrupção na gestão da Cruz Vermelha durante sua atuação na Paraíba.

Diante dos áudios vazados à imprensa, na última semana, em que o secretário de Planejamento do Estado, Waldson de Sousa, e o procurador-geral, Gilberto Carneiro, são flagrados em suposto acordo para fraudar licitação, o deputado, em entrevista à Rádio Campina FM, classificou a situação como indecente.

Foto: Leonardo Silva/Paraibaonline

Foto: Leonardo Silva/Paraibaonline

– É muito grave. Dinheiro que deveria estar indo para a saúde pública, para os hospitais e aí você ouve uma conversa indecente, um secretário de Estado, um procurador-geral, um empresário, falando sobre superfaturamento de licitação e que não se pode mandar e-mail, que é melhor mandar por pendrive. Então isso é um escândalo asqueroso de um esquema de corrupção que precisa ser investigado e punido. Esperamos que todos os envolvidos na investigação continuem fazendo sua parte e que haja uma dura e pedagógica punição para que possamos viver um tempo melhor – comentou Pedro.

Ele ainda disse que é preciso que os envolvidos devem se pronunciar e que têm que dar satisfação à população, pois diz respeito ao dinheiro público. Ele ainda defendeu que o governador exonere os envolvidos.

– Cada governador tem seu critério para montar sua equipe e ter ao seu lado aqueles que fazem parte do seu projeto. Se o governador acha concebível ter na sua equipe alguém que foi flagrado numa conversa indecente como essa, que se justifique à Paraíba – disse.

*As informações são da Rádio Campina FM

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube