Fechar

logo

Fechar

Reitor da UFCG lamenta falta de suplementação orçamentária para a universidade

Da Redação*. Publicado em 11 de janeiro de 2019 às 10:07.

O reitor da Universidade Federal de Campina Grande, Vicemário Simões, falou sobre a projeção de orçamento neste ano para a instituição e citou que o valor de 2018 foi mantido para 2019, sem nenhum acréscimo percentual.

Ele explicou que não houve modificação nem para mais nem para menos, no aspecto de custeio, e na categoria de capital, o orçamento foi reduzido em quase 50%.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Vicemário declarou que a universidade precisa de recursos para que exista a manutenção de equipamentos, estrutura e veículos. Também disse que até agora não existe nenhuma previsão de suplementação orçamentária para este ano.

– O orçamento proposto para 2019 na categoria de custeio seria o mesmo valor para 2018 sem nenhum acréscimo. O que percebemos dessa vez é que houve uma redução de orçamento para o MEC. A gente precisa de mais, porque há uma demanda reprimida – enfatizou.

Vicemário comentou que ainda não foi possível se reunir com o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez.

*As informações foram concedidas à Rádio Caturité FM

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube