Fechar

logo

Fechar

Sócio de hipermercado incendiado comenta medo de empreender devido à violência

Da Redação. Publicado em 8 de dezembro de 2018 às 21:45.

Foto: Reprodução/ Whatsapp

Foto: Reprodução/ Whatsapp- Arquivo

Um dos sócios do hipermercado incendiado, na última terça-feira, 04, após a tentativa de bandidos de explodirem um cofre que havia dentro do estabelecimento, comentou sobre o futuro e as incertezas do empreendedorismo, em Campina Grande, diante da criminalidade.

Durante entrevista concedida à TV Paraíba, Bruno Farias, revelou que a família estava muito abalada com a perda, mas agradeceu a Deus por não ter havido vítimas no incêndio.

Ele ressaltou que com a insegurança pública há uma desmotivação do grupo, como também de outros empresários, de empreender, pois sempre terá uma incerteza se os bandidos vão agir contra algum estabelecimento durante a madrugada.

– Dá uma desmotivação de empreender porque não sabemos o dia de amanhã. Você vai dormir com a cabeça penando em acordar com alguma novidade e você fica na angústia de saber o que pode acontecer durante a madrugada – revelou.

Bruno ainda disse que foi um incêndio criminoso que não atinge apenas o estoque e o edifício, mas atinge famílias, a economia da cidade.

– Muito se perguntou se havia seguro, mas o que sentimos é o intangível, àquilo que não conseguimos pegar. Foram suor, planejamento e tempo dedicado ao projeto para ruir da noite para o dia. Estamos fazendo um planejamento de alocar em torno de 80 pessoas que trabalhavam no local, em outras lojas do grupo, para não perderem o emprego – disse.

*Com informações da TV Paraíba

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube