Fechar

logo

Fechar

Secretário de Comunicação rebate críticas sobre o continuísmo no governo de Azevedo

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 7 de dezembro de 2018 às 14:47.

 

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O secretário de Comunicação Institucional do Governo do Estado, Luís Torres, que teve o nome confirmado pelo governador eleito João Azevedo (PSB), para continuar no cargo, rebateu as críticas sobre o continuísmo evidenciado pelo próprio Azevedo ao manter quase a mesma equipe de auxiliares do governo de Ricardo Coutinho (PSB).

“Trata-se sim, de uma gestão de continuidade. Afinal de contas foi por isso e para isso que a Paraíba votou no último dia 7 de outubro. Os paraibanos foram às urnas para dizer que isso que está acontecendo hoje no Estado, sob a condução de Ricardo Coutinho, com os integrantes que estão sendo reconduzidos, era o que deveria permanecer e não deveria ser ameaçado de alteração ou mudanças”, disse.

Segundo o jornalista, essa tentativa de diminuição de dizer que não há novidade, que é o mais do mesmo, não afeta os integrantes do PSB, pois foi exatamente por isso que a Paraíba disse sim a João Azevedo, candidato apoiado pelo governador Ricardo Coutinho e ao projeto que vai manter o compromisso e manter toda a continuidade do processo de construção de uma nova Paraíba.

Contudo, o secretário afirmou que tudo pode e deve ser melhorado e o governador João Azevedo vai ter essa obrigação de, automaticamente, manter o ponto de exigência imposta por Ricardo Coutinho, de fazer uma gestão melhor do que as duas gestões do seu antecessor.

“É uma responsabilidade grande e esse projeto só será concebido digno se ele for melhor a cada ano e a cada mandato. Se não fosse pra ser assim, não teria muita lógica a preservação do PSB em continuar comandando os destinos da Paraíba”, avaliou.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube