Fechar

logo

Fechar

Romero para os opositores: “Deviam enviar recursos, ao invés de falarem besteira”

Da Redação. Publicado em 18 de dezembro de 2018 às 10:12.

O prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB) respondeu às críticas do opositor, Veneziano Vital do Rêgo (PSB), que tem afirmado que o tucano pretende cometer “estelionato eleitoral” ao deixar a entrega das casas do Complexo Aluízio Campos para 2020, ano da eleição municipal.

Em entrevista nesta terça-feira, 18, Romero afirmou que “não tem tempo para escutar besteiras e que tem mais o que fazer”.

– Eu tenho mais o que fazer. Agora, se o cara levou uma surra eleitoral em 2016 de 86 mil votos e aí fala em questão de estelionato eleitoral, ele deveria se dirigir e pedir desculpa à população campinense, que deu-lhe uma surra em 2016 e voltou a fazer agora em 2018, porque ele ficou em terceiro lugar nas eleições. Pra mim, era mais vantagem seu eu quisesse fazer, pois tinha essa prerrogativa, entregar as casas do Aluízio Campos agora na eleição recente. Seria uma irresponsabilidade de minha parte, mas se eu quisesse teria feito, como foi feito no Acácio Figueiredo e Raimundo Suassuna, que agora toda a parte de pavimentação tivemos que refazer, que ao invés de cimento parece que usaram cal. Eu não vou fazer esse tipo de ação – rebateu.

Foto: Paraibaonline

O gestor ainda destacou que mesmo sem receber o benefício das casas, as pessoas foram votar e deram a resposta nas urnas em 2016, ano que ganhou a reeleição da prefeitura e derrotou o então candidato Veneziano.

– Terminaram as eleições desse ano e lancei a pavimentação de 125 ruas. Mas, eu tinha a prerrogativa de fazer isso antes. Portanto, é uma realidade. Depois das eleições iniciei a praça da Damasco com a Almirante Barroso, a do Centenário, o Parque do Conjunto dos Professores. Vamos entregar amanhã uma van toda equipada para cadeirantes. É uma sequência de obras e ações. Vamos sair do palanque. Eu nem sequer sou candidato em 2020, graça a Deus estarei inelegível. O que eu quero é ter o prazer de corresponder à confiança na cidade, pois em 2016 eu tive uma vitória consagradora – explanou

Por fim, Romero mandou um recado aos opositores, afirmando que a obrigação deles é destinar recursos para Campina Grande.

– Passou eleição. O povo não quer saber de fofoca e conversar besteira, o povo quer saber de resultado. E eu não estou para fazer fuxico, porque a eleição se encerrou em outubro. E acho que a classe política da Paraíba e de Campina, principalmente, que é votada nessa cidade, tem a obrigação de corresponder destinando recursos para a cidade, ao invés de estar falando besteira – criticou.

As declarações repercutiram na Rádio Correio FM.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube