Fechar

logo

Fechar

Deputado faz discurso emocionado de despedida do parlamento estadual

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 20 de dezembro de 2018 às 23:51.

O deputado Bruno Cunha Lima deixou para se despedir da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (20), que seria a última sessão do ano com a votação da Lei do Orçamento Anual, mas a votação ficou mesmo para a próxima quinta-feira (27). É que desde a terça-feira (18) os deputados que não lograram êxito nas eleições do dia 7 de outubro, já estão se despedindo dos colegas e dos servidores da Casa de Epitácio Pessoa.

A despedida do deputado foi carregada de emoção com diretos a lágrimas de alguns colegas mais chegados e muitos abraços com desejos de boa sorte nos projetos futuros, cujos planos deverão passar pela disputa da Prefeitura de Campina Grande, sua terra natal, onde obteve mais de 45 mil votos. Em seu discurso, ele disse que estava de saída do Poder Legislativo, mas sua atuação continuaria fora dele.

“Eu não saí da política. Isso aqui é só um até logo. Eu não sou uma pessoa que se gaba das conquistas, até porque creio que tudo é fruto da graça de Deus e nada é por merecimento, mas de uma coisa eu me orgulho de ter ao longo de quatro anos de mandato, construído muitos amigos. Um deputado jovem que aprendeu muito e amadureceu e que vai levar consigo essa bagagem porque temos estradas maiores pela frente”, destacou.

O parlamentar resumiu sua  passagem pela Assembleia Legislativa em três palavras: Aprendizado, contribuição e verdade. “Mas resumo na palavra verdade porque tudo que disse na tribuna, nada foi situacional, nada foi movido pela oportunidade ou pelo fato de ser oposição. Tudo o que fiz foi creditando e permaneço acreditando na política não como um propósito ou uma finalidade, mas como um instrumento e é por isso que eu não vendo minha alma para estar neta”, avaliou.

Quanto aos planos futuros, ele disse que está criando uma fundação em Campina Grande para formar, identificar e mentoriar novas lideranças e sobre as questões políticas partidárias, se disse feliz em ter o nome lembrado para disputar a prefeitura do município, mas isso será uma questão para ser discutida em momento oportuno.

 “Não adianta antecipar 2020. Vamos dialogar no momento oportuno com as lideranças até porque a oposição tem que tomar como exemplo essas eleições porque sem diálogo ninguém vai a lugar algum. A gente precisa construir para que possamos fazer algo sólido. Citando Ulisses Guimarães: A saliva é melhor lubrificante para política. Temos que gastar saliva”, concluiu.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube