Fechar

logo

Fechar

Aesa explica fechamento da caixa de descarga do açude de Camalaú

Da Redação*. Publicado em 10 de dezembro de 2018 às 9:13.

O presidente da Agência de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), João Fernandes, falou sobre o fechamento da caixa de descarga do Açude de Camalaú, localizado na cidade homônima, afirmando que a medida foi necessária.

Segundo ele, ainda não há água suficiente para que a caixa fosse aberta e, por este motivo, a Aesa enviou um técnico para fechá-la.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

– Não temos água suficiente para abrir e a água chegar até Boqueirão. Todo mundo sabe que estamos esperando chegar ao nível ideal, para a água poder transpor e chegar. Não sei se foi um teste da empresa que está trabalhando, mas mandamos um técnico para fechar. Se a gestão é do governo do Estado, não pode qualquer pessoa chegar e abrir a torneira sem saber o que está fazendo. Nós cumprimos o nosso dever e fechamos. É claro que queremos que a transposição volte a operar com estabilidade e com um nível adequado de água – apontou.

Em relação à vazão da transposição que chega ao açude de Poções, localizado no município de Monteiro, Cariri do Estado, João afirmou que a Aesa está fazendo a verificação e que a medição correta sairá esta semana.

Porém, João ressaltou que a impressão que tem é que o governo federal está pressionando os estados para assinar o contrato da água.

– Dá a impressão de que estão forçando para pagarmos logo essa água. O governo federal tem cota de energia suficiente para manter o bombeamento até o dia 31 de dezembro – externou.

*As declarações repercutiram na Rádio Correio FM, nesta segunda-feira, 10.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube