Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Senador diz que PSDB precisa fazer autocrítica e descarta afastamento da legenda

Da Redação*. Publicado em 7 de novembro de 2018 às 11:58.

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) comentou sobre a grande adesão de uma parcela de eleitores do PSDB à candidatura do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e citou que esse cenário revela que o partido precisa fazer uma autocrítica.

Segundo ele, o PSDB precisa se manter como analista do novo governo, mas sem fazer uma oposição radical.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Sobre deixar o PSDB, Cássio afirmou que a ação não está em seus planos atualmente. Também destacou que o partido precisa voltar a contribuir com o desenvolvimento do país.

– Impõe ao PSDB e a outros partidos uma autocrítica para que haja uma reconexão com a sociedade. O partido precisa se reencontrar. O Brasil ficou dividido em duas pontas e agora é hora de olhar para a frente e contribuir com o país. O recado foi duro e precisa ser compreendido – disse.

Cássio comentou sobre a possível saída do prefeito Romero Rodrigues (PSDB) da legenda e disse que o tucano tem autonomia para escolher seu destino, mas frisou que o partido ainda vai dialogar com ele.

– Nós vamos conversar. É um momento em que a conversa e o diálogo têm que prevalecer. Nossa amizade está acima desses aspectos partidários – disse.

*As informações foram concedidas em entrevista à Rádio Caturité FM

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube