Fechar

Fechar

Ricardo critica Bolsonaro, fala sobre mudanças sociais e manipulação de massas

Da Redação*. Publicado em 9 de novembro de 2018 às 9:04.

O governador Ricardo Coutinho (PSB) falou em entrevista para a Rádio Panorâmica FM sobre a situação atual do Brasil e correlaciona questões sociais com toda a movimentação política que houve neste ano de eleições.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Ao ser questionado se a Paraíba pode sofrer sanções devido ao apoio dado por ele mesmo à candidatura e tentativa de eleição de Fernando Haddad (PT), ele disse que tempos difíceis estão chegando ao país e ao Estado e explicou que a política não se trata de torcida e sim de manutenção e inclusão social, ações que, segundo ele, estão batendo de frente com as propostas atuais de quem saiu vitorioso como gestor republicano do Brasil.

O governador disse que fechará 7 anos de redução de homicídios dentro de um Estado pouco valorizado diante das propostas de Jair Bolsonaro (PSL).

– Política não é questão de torcida. Eu acredito em atos e ações – disse, relembrando que não possuía ”torcida” antes de exercer gestão estadual e que mesmo assim enfrentou as barreiras e conseguiu levar modificações e melhorias para o Estado, conquistando duas gestões seguidas e continuidade de propostas e apoios através da campanha e eleição de João Azevêdo (PSB).

Ricardo declarou ter consciência de que o Brasil e especificamente a região Nordeste estão sendo desrespeitados pelo modo de fazer política do presidente eleito Jair Bolsonaro e de quem o apoia. Ele falou que a população privilegiada atraída por discursos de preconceito e violência foi em direção a Jair e o Nordeste bateu de frente com essa ideia, agindo com senso crítico nas urnas em geral da região.

O governador ressaltou a importância de diálogos e incentivos sociais para redução de diferença social e para o progresso da região como forma de combater os tempos complicados que, segundo o mesmo, estão chegando com a candidatura de Bolsonaro.

Ricardo mencionou também as táticas de criação e dominação de massas através de golpes virtuais a exemplo das “fake news” usadas pelo candidato mencionado.

Ele falou sobre a importância do conhecimento da geopolítica e da valorização das articulações nacionais e internacionais que beneficiem o país, criticando as quedas relacionadas ao assunto que estão sendo promovidas pelos ideais do governo federal que será posto em prática.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube