Fechar

logo

Fechar

Prefeito defende dívida de campanha do irmão e transfere débito para o partido

Da Redação de João Pessoa. Publicado em 19 de novembro de 2018 às 12:00.

O ex-candidato ao governo do Estado da Paraíba Lucélio Cartaxo, irmão do prefeito de João Pessoa, está configurando no ranking da lista do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como um dos mais endividados após as eleições.

Ele contratou um total de R$ 2.550.139,58 em despesas de campanha e pagou pouco mais da metade, de R$ 1.322.910,14, restando um saldo devedor no valor de R$ 1.227.229,44

Na lista do TSE, o ex-candidato que obteve apenas 23,41% dos votos válidos, perdendo as eleições na Paraíba, está no 9º lugar entre os mais endividados do país, durante o primeiro turno das eleições.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Em entrevista concedida à imprensa nesta segunda-feira (19), o prefeito da Capital, Luciano Cartaxo, saiu em defesa do irmão e disse que a campanha foi feita com pouco recurso e isso foi visível para todos e que o Partido Verde deverá arcar com a dívida.

“Nós fizemos uma campanha trabalhando bastante nos 223 municípios paraibanos levando a mensagem de uma renovação política, e hoje a gente tem certo que essa dívida vai ser absorvida pelo partido. O PV nacional já se posicionou em relação a isso para que a gente possa ter a tranquilidade de cumprir com todas essas obrigações e poder fazer com que se avance cada vez mais na construção do PV na Paraíba”, atestou.

O prefeito disse ainda que diversas lideranças do interior do Estado já estão buscando o PV para a filiação, para abertura de diretórios já com vistas às eleições de 2020.

“E é isso que nós vamos fazer: trabalhar bastante e superar os desafios que estão aí na frente. A dívida não é do candidato e ela fica com o partido. A direção nacional já nos autorizou a fazer isso”, garantiu.

O governador eleito pelo PSB, João Azevêdo, assumiu uma despesa de R$ 4.380.554,36 e pagou um total de R$3.846.249,40. Ele terminou a campanha com uma dívida de R$ 534.304,96, considerado o menos endividado dos cinco candidatos ao governo do Estado.

Já o candidato José Maranhão (MDB) assumiu uma dívida de R$ 1.152.361,82,  do total contratado de R$ 5.290.735,64 para a campanha.

Os ex-candidatos Tárcio Teixeira (PSOL) e Rama Dantas (PSTU) pagaram todas as despesas contratadas e não tiveram dívidas de campanha.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube