Fechar

Fechar

Prefeito de JP descarta comentar envolvimento do vice na Operação Lava Jato

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 9 de novembro de 2018 às 14:21.

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), não quis comentar com a imprensa, nesta sexta-feira (09), o envolvimento do vice-prefeito, Manoel Júnior (PSC), com a Operação Lava Jato e disse que mantinha com ele apenas relações institucionais. Portanto, não tinha muito o quê comentar sobre o assunto.

“Nós temos uma relação institucional, claro! Ele é o vice-prefeito e eu sou o prefeito da cidade e isso é muito importante. É preciso separar as coisas, mesmo ele não tendo votado no nosso candidato a governador nas eleições passadas, mas é preciso preservar o respeito e, acima de tudo, a questão institucional para que a cidade continue crescendo, avançando e melhorando a vida do povo”, tangenciou.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O vice-prefeito Manoel Júnior está sendo investigado por suposto esquema de corrupção no Ministério da Agricultura durante o governo da presidente Dilma Rousseff (PT).

Ele é alvo do mandado expedido pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

De acordo com a PF, Manoel Junior (MDB), deputado federal da Paraíba à época dos fatos investigados, teria recebido R$ 50 mil do grupo JBS como contrapartida, em decorrência da tentativa de promover a federalização das inspeções sanitárias de frigoríficos por meio de uma emenda, cujo objeto tinha natureza diversa do alvo da medida provisória nº 653/2014 na qual foi inserida.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube