Fechar

logo

Fechar

Emater promove dia de campo sobre caprinos para agricultores apoiados pelo Procase

Da Redação com Secom/PB. Publicado em 29 de novembro de 2018 às 17:25.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

O Governo do Estado, por meio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB), empresa da Gestão Unificada, promoveu na Fazenda Pendência, em Soledade, um dia de campo sobre a atividade da caprinocultura, com a participação de 200 agricultores familiares de 20 municípios beneficiados pelo Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Sertão e Curimataú (Procase), assistidos pela Emater na região do Cariri, em Serra Branca.

Os criadores de caprinos, entre os quais estavam algumas famílias que estão iniciando a atividade a partir de agora, conheceram as instalações da Estação Experimental Pendência, da Emepa, e as tecnologias ali desenvolvidas que ajudam na melhoria da qualidade do rebanho.

Os grupos foram recepcionados pelo chefe da estação, Leonardo Medeiros, e, durante dois dias, tiraram suas dúvidas com a equipe de pesquisadores formada por Humberto Barbosa, Adriana Trindade, Mário Medeiros, José Tyago e Jorge Luís.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

Há dois anos, o Procase vem atendendo famílias de agricultores no Cariri Ocidental, a partir da parceria com a Emater, que presta a assistência técnica aos beneficiados.

Sempre preocupados com a preservação ambiental, os extensionistas da Emater também fazem visitas às áreas coletivas dos projetos de campos de forragem e as áreas de Sistema Agroflorestal (Safs).

O grupo de criadores agora começa a vivenciar a fase de elaboração do plano de negócios, que consiste ter uma produção que atende ao mercado.

A participação no dia de campo foi mais uma etapa no processo de conhecimento destes produtores para que possam atuar nas suas atividades com perspectiva de obter sucesso.

São 26 projetos associativos das cadeias produtivas de caprinovinocultura, de apicultura e de artesanato e envolvem recursos da ordem de R$ 3,7 milhões.

Os recursos investidos irão fomentar o fortalecimento da agricultura familiar na comercialização de produtos industrializados e, com isso, gerar postos de trabalho, renda e qualidade de vida no meio rural.

Entre outras ações a serem executadas estão implantação de poços tubulares e artesianos, construções de barragens subterrâneas com kit de irrigação, construções de apriscos, aquisição de máquinas e implementos agrícolas, além da aquisição de matrizes caprinas e ovinas, além de cursos de capacitação para artesãos.

Os municípios contemplados são Camalaú, Livramento, Amparo, Serra Branca, Parari, Assunção, Coxixola, Monteiro, Ouro Velho, São Sebastião do Umbuzeiro, Zabelê, São João do Tigre, Prata, São José dos Cordeiros, Congo, Sumé e Taperoá.

São 32 extensionistas que prestam assistência técnica às famílias e todos participaram de cursos de capacitação sobre toda a operacionalização dos projetos associativos.

Nos dias de campos que aconteceram em Pendência, os agricultores estavam acompanhados dos respectivos técnicos de seus municípios, e dos coordenadores do projeto na região, Karina Gaudêncio, Geneilson Evangelista e Wlamir Azevedo, coordenador regional da Emater em Serra Branca.

O presidente da Gestão Unificada, Nivaldo Magalhães, destacou o empenho e a dedicação dos técnicos em realizar este trabalho de grande alcance social.

Os trabalhos têm o acompanhamento do diretor técnico da Emater, Vlaminck Saraiva.

Repercussão – Para a agricultora Maria Edite Sousa Lima, do sitio Serrote Apertado, município de Coxixola, o evento foi muito importante para o conhecimento das técnicas de criação de caprinos e, agora, depois do que ouviu dos pesquisadores da Emepa, pretende ampliar seu criatório.

Mesmo ainda não criando caprinos, o agricultor Antônio de Lima, do sítio Gameleira, em Monteiro, ficou entusiasmado e, já tendo armazenada fenação em dois silos, quer iniciar a criação de caprinos, de preferência, destinado a corte.

Luciana Lopes, do sítio Suçuarana, em Livramento, que está sendo contemplada com recursos do Procase, disse que pretende começar a criar caprinos, e destacou a assistência que recebe da Emater nesse início de atividade. Sobre o dia de campo, achou que foi bastante proveitoso.

Já José Ernando Pereira Ferreira, do sítio Juazeiro, em São Sebastião de Umbuzeiro, foi outro criador de caprinos que aproveitou para tirar dúvidas quanto a enfermidades que têm surgido em seus animais.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube