Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Senador do PT: Supremo Tribunal ´bateu pino´ diante de fala de filho do Bolsonaro

Da Redação. Publicado em 23 de outubro de 2018 às 22:03.

LUCAS VETTORAZZO

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – O senador Lindbergh Farias (PT) disse na noite desta terça-feira (23) que o STF (Supremo Tribunal Federal) se acovardou diante da fala do filho de Jair Bolsonaro (PSL), Eduardo Bolsonaro, que afirmou que poderia fechar o Supremo a depender do resultado eleitoral.

Lindbergh discursou nesta terça de evento de campanha de Fernando Haddad (PT) na Lapa, centro do Rio, e também fez uma crítica em relação a fala de Bolsonaro a apoiadores na Avenida Paulista, divulgado no último domingo (21). Bolsonaro disse que a oposição ou deixava o país no exílio ou iria para a cadeia.

Segundo Lindbergh, as falas de Bolsonaro se assemelham aos discursos de Adolf Hitler antes de assumir a Alemanha nos anos 1930.

“Ele vem dizendo há muito tempo que quer a ditadura no país. Vocês viram a fala do filho do Bolsonaro no sábado. Me impressiona a covardia do Supremo nessa hora. Em 1932, na Alemanhã, Hitler deu discurso parecido e impressionou a passividade dos tribunais”, disse ele.

Lindbergh, que não conseguiu se eleger senador pelo Rio neste ano, disse crer na vitória de Haddad, mas afirmou que se Bolsonaro vencer fará oposição ao capitão da reserva.

Ele disse não temer a prisão, sugerida por Bolsonaro em fala a eleitores da paulista.

“Se ele pensa que a gente tem medo de ser preso, ele está enganado”, disse.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube