Fechar

Fechar

Saúde Estadual promove palestra e ações sobre câncer de mama

Da Redação com Secom/PB. Publicado em 16 de outubro de 2018 às 16:20.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) promoveu, nesta terça-feira (16) pela manhã, uma palestra sobre o câncer de mama e ofereceu um café da manhã para servidores da sede, no bairro da Torre, na capital.

O evento aconteceu dentro da programação da campanha Outubro Rosa, que visa alertar e sensibilizar a sociedade sobre a prevenção, diagnóstico precoce e o tratamento do câncer de mama.

Na ocasião, as trabalhadoras da saúde foram convidadas para fazerem suas consultas e mamografias no Centro Especializado de Diagnóstico do Câncer (CEDC), que está com uma programação especial durante todo o mês da campanha.

As mamografias estão sendo realizadas em demanda espontânea, sem a necessidade de fazer a marcação pela Central de Regulação. É só comparecer ao serviço com documentos pessoais, cartão do SUS e comprovante de residência.

“Este ato simbólico, na sede da SES, é mais uma forma de sensibilizar as mulheres do nosso estado para fazerem seus exames preventivos do câncer de mama. Para isso, o Governo dá toda a retaguarda. Para os exames preventivos, dispomos do CEDC e para o tratamento do câncer inauguramos, recentemente, o Hospital do Bem, em Patos”, lembrou a secretária de Estado da Saúde, Claudia Veras.

Durante a palestra, a mastologista do CEDC, Lise Reis, informou que a estimativa do Inca para novos casos de câncer de mama no país é de 58 mil novos casos, ao ano. O fator hereditário corresponde a 10% dos casos e 90% são esporádicos.

Foto: Secom/PB

A médica alertou sobre a importância de se ter hábitos, saúde mental e alimentação saudáveis; fazer atividade física e lembrou que a mamografia é o principal exame de rastreamento, com início a partir dos 40 anos, sem histórico familiar.

“O diagnóstico precoce pode salvar vidas, pois lesões podem ser descobertas antes mesmo de se tornarem palpáveis. E, por mais que existam os exames realizados em unidades de saúde, é muito importante que a mulher faça o autoexame, pois é nele que há a percepção de alguma alteração na mama”, explicou a médica.

A Campanha Outubro Rosa acontece mundialmente como um incentivo às mulheres, que são as mais frequentemente acometidas com o câncer de mama a procurarem as unidades de saúde para realizarem exames de mamografia para a busca da prevenção da doença por meio da detecção precoce.

Programação – As atividades se concentram no CEDC e em todos as datas programadas começam às 8h30:

22/10 (segunda-feira): presença do grupo Mãos que Acolhem; acolhimento às pacientes com apresentação musical; palestra sobre o câncer de mama; lanche coletivo; consulta com mastologista e mamografia;

29/10 (segunda-feira): testemunho “Eu venci o câncer”; lanche coletivo; consulta com mastologista e mamografia;

31/10 (quarta-feira): encerramento da campanha; apresentação do grupo de dança da Apae.

Serviços – O Centro Especializado de Diagnóstico do Câncer (CEDC) é o serviço de referência na Paraíba para a detecção precoce do câncer de mama e colo de útero. Nele, a mulher encontra desde a consulta médica especializada com ginecologista e mastologista, como também todos os exames que são necessários para o diagnóstico precoce do câncer como a ultrassonografia, a mamografia, a punção aspirativa por agulha fina, a biópsia de mama, entre outros. Existem, ainda, agregados à estrutura do CEDC, os laboratórios de Citopatologia e de Anatomia Patológica, fazendo com que a mulher já saia do Centro com o resultado do diagnóstico.

Além do CEDC, a mamografia também pode ser feita gratuitamente no Hospital Napoleão Laureano, São Vicente de Paulo, Diagson e Radiomed.

Atualmente, os serviços destinados ao tratamento do câncer de mama concentram-se em João Pessoa (Hospital Napoleão Laureano e São Vicente de Paulo); em Campina Grande, na Fundação Assistencial Paraibana – FAP e Hospital Universitário Alcides Carneiro; e em Patos, o Hospital do Bem, inaugurado no último dia 3 de setembro.

Dados – Na Paraíba, foram registrados este ano 162 óbitos por câncer de mama. Em 2017, foram 215; e em 2016, foram 243 óbitos.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube