Fechar

logo

Fechar

Nordeste leva eleições para o segundo turno

Folhapress. Publicado em 7 de outubro de 2018 às 22:24.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

RAQUEL LANDIM
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O candidato Jair Bolsonaro (PSL) passou perto de vencer as eleições presidenciais no primeiro turno graças a um apoio maciço em todo o país. Ficou em primeiro em 4 das 5 regiões do Brasil. O Nordeste foi a única exceção.

Ele venceu em todos os estados do Sudeste, Sul e Centro Oeste e teve bom desempenho no Norte, perdendo apenas no Pará.

Fernando Haddad (PT) só conseguiu ir ao segundo turno por causa do apoio dos eleitores nordestinos. Como já era esperado, ele foi favorecido pela transferência de votos do ex-presidente Lula.

Neste primeiro turno, Bolsonaro conquistou a maioria dos votos em 16 estados e no Distrito Federal, contra 9 de Haddad e 1 de Ciro Gomes (PDT), que venceu no Ceará, seu reduto eleitoral.

Até às 21h45 deste domingo (7), o melhor desempenho do capitão reformado do Exército foi em Santa Catarina, com 66%. Haddad alcançou 63% no Piauí, seu melhor percentual.

O candidato do PSL encarnou o antipetismo e ocupou um espaço que havia sido do PSDB, que venceu no Centro-Sul em 2006, 2010 e 2014. O desempenho de Bolsonaro, contudo, foi superior ao de Aécio Neves, candidato tucano derrotado em 2014.

“O antipetismo cresceu muito no Centro-Sul e Bolsonaro soube captar esse sentimento”, disse o cientista político Fernando Abrucio.

Bolsonaro venceu em Minas Gerais, com 48,4%, no Rio de Janeiro, com 59,8% dos votos, e no Rio Grande do Sul, com 52,6% –estados conquistados pela petista Dilma Rousseff na eleição anterior.

Em São Paulo, Bolsonaro teve 53% dos votos, bem superior aos 16,4% de Haddad. Em 2014, Aécio havia sido o preferido dos paulistas, com 44,2%.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube