Fechar

Fechar

João já monta novo secretariado e quer Coutinho como conselheiro político

Da Redação*. Publicado em 25 de outubro de 2018 às 11:08.

O governador eleito pelo PSB, João Azevêdo, durante entrevista concedida à Rádio Campina FM nessa quarta-feira, 24, agradeceu a votação que teve na cidade de Campina Grande.

Ele ressaltou que mesmo diante da estrutura de muitos candidatos e lideranças da cidade trabalhando contra ele, ainda ficou em segundo lugar nas votações.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

João disse ainda que a partir de 1º de janeiro de 2019 a Paraíba vai ter um novo governador, que apesar de pensar igual em muitas coisas também tem divergências em outras. Um governo, segundo ele, que dará continuidade ao atual projeto e garantirá também novas ações e obras.

O governador eleito destacou ainda que apesar de fazer parte do mesmo grupo, já está montando a comissão de transição e, até o final de novembro, deve começar a divulgar o nome do novo corpo técnico e secretariado.

– Vamos montar uma equipe que tenha a cara e perfil do novo governo. Sei que muitos vão continuar, mas há também quem deve sair para tomar parte de seus projetos pessoais. Vamos montar a melhor equipe possível para realizar o trabalho e continuar fazendo com que essa Paraíba não pare um único dia. É um governo que vai dar continuidade a esse projeto – disse.

Sobre o futuro do atual governador Ricardo Coutinho, Azevêdo comentou que apesar de querer que ele fosse um de seus secretários, entende o desejo do antecessor de querer galgar outros espaços, mas que o mesmo será sempre o seu mentor político.

– Gostaria que Ricardo fosse um dos secretários, mas ele já disse que não tem essa pretensão, e é natural, porque já vem desde 2005 atuando na política como gestor. Acho que ele deve desenvolver, a partir de agora, um projeto muito maior. Ele tem uma missão e espero que agora, com o resultado das urnas no próximo domingo, elegendo Fernando Haddad como presidente, Ricardo tenha a possibilidade de construir algo a nível de Brasil, seja como ministro, mas que tenha essa oportunidade de reconstruir o país. Ele tem não só a capacidade, mas a política diferenciada. Ele faz a política na teoria e na prática. Espero também contar com ele como conselheiro político – disse.

*Informações da Rádio Campina FM

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube