Fechar

Fechar

Fátima Bernardes muda visual de Túlio Gadêlha que concorre à vaga na Câmara

Da redação com Folhapress. Publicado em 7 de outubro de 2018 às 14:15.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Já dizia o ditado “Água mole em pedra dura tanto bate até que fura”. A apresentadora Fátima Bernardes, 56, insistiu e conseguiu que o namorado, Túlio Gadêlha, 30, cortasse o cabelo antes do primeiro turno das eleições deste ano.

Candidato a uma vaga na Câmara dos Deputados pelo PDT de Pernambuco, Gadêlha estava com cabelo mullet e uma barba estilo lenhador durante quase toda a campanha. A apresentadora do Encontro com Fátima Bernardes (Globo) publicou a mudança em sua rede social.

“Chegou a hora…ele aceitou…vamos mudar o corte do cabelo”, escreveu Fátima, antes da mudança. Horas depois, a apresentadora publicou o novo “look” de Gadêlha, com a seguinte frase: “O cabelo mudou, mas o sorriso continua o mesmo”.

A mudança, quase imperceptível, gerou vários comentários positivos: “Até que enfim mudou o corte de cabelo aleluia”. Muitos elogiaram o amor entre os dois, e alguns pedriam para que Fátima também tire a barba do namorado. “Fátima tira essa barba do Túlio”, escreveu uma internauta.

Foto: Reprodução/Instagram

Foto: Reprodução/Instagram

A apresentadora Fátima Bernardes está financiando a campanha do namorado, Túlio Gadêlha (PDT-PE), à Câmara dos Deputados. Gadêlha apoia o candidato à Presidência Ciro Gomes. Também são doadores o pai dela e uma das filhas que a ex-titular do Jornal Nacional tem com o jornalista William Bonner, com quem foi casada.

Fátima doou R$ 5.000, segundo informações do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O valor é menor apenas do que aquele repassado pela direção nacional do PDT, R$ 50 mil.

Recentemente, Fátima Bernardes veio a público desmentir uma notícia falsa que estava sendo veiculada a seu respeito nas redes sociais de que teria reformado a casa do agressor do candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL).

O boato, espalhado no WhatsApp, afirma que a produção do Encontro teria premiado a família do pedreiro Adélio Bispo de Oliveira com R$ 350 mil, além de reformar a casa do esfaqueador do presidenciável. No dia 6 de setembro, Oliveira esfaqueou o presidenciável em Juiz de Fora (MG).

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube