Fechar

Fechar

Diretores da FAP esclarecem sobre aparelho de radioterapia quebrado

Da Redação*. Publicado em 17 de outubro de 2018 às 12:54.

Os diretores da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP) Paulo Marcelo e Max Joffily comentaram sobre as denúncias de que o equipamento de radioterapia não estaria funcionando no local e vários pacientes estão desassistidos.

Foto: Ascom

Conforme os médicos, a FAP possui dois equipamentos de radioterapia, mas que um deles, o equipamento mais novo, que foi recebido do governo federal, teve um problema no sistema de refrigeração, que é chamado de ‘chiller’.

– Quando nós recebemos esse segundo acelerador linear, que é mais moderno, o Ministério da Saúde nos enviou toda a solução do acelerador junto com esse material de acondicionamento chamado chiller. Esse material vinha dando problema constantemente e sendo solucionado de forma emergencial, até que, por fim, esse equipamento chamado chiller, que é de refrigeração e é independente do aparelho de radioterapia, de fato houve a quebra e solicitamos a compra na empresa que fornece e fizemos a montagem, mas, infelizmente, após a montagem dele, outro equipamento deu problema e estamos aguardando a empresa de São Paulo vir fazer a montagem – explicou Max.

Segundo ele, os 46 pacientes que estavam fazendo a radioterapia no aparelho que quebrou, 10 deles migraram para o acelerador 1, que é o mais antigo, e os outros pacientes estão sendo avaliados se podem ser transferidos de uma máquina para outra.

*As declarações repercutiram na Rádio Correio FM

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube