Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Vereador acusa colega de descumprir norma que evita campanha eleitoral na CMJP

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 12 de setembro de 2018 às 21:31.

Foto: Paraibaonline

Um ato normativo da Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa foi editado para evitar que a Casa vire palanque eleitoral com certos tipos de matérias, a exemplo da propositura de título de cidadania a quem esteja em disputa eleitoral, mas o que se viu na sessão desta quarta-feira (12) foi justamente um palanque armado.

O vereador Tibério Limeira (PSB) acusou o vereador Carlão da Consolação (PSL) de descumprir o ato ao propor uma homenagem ao candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), que segundo ele transformou a Casa em um palanque eleitoral provocando uma grande confusão fora e dentro do Plenário.

Limeira foi um dos quebrou o quorum de votação para não passar a matéria  e disse que quantas vezes ela for à pauta, vai barrar.

“Mas o grande xis desta discussão é a postura da Casa porque ela editou um ato organizando os procedimentos dos vereadores para evitar a campanha eleitoral no Plenário, mas hoje, foi protagonizado um dos dias mais vergonhosos  na quando a Casa foi aberta para fazerem palanque eleitoral para um determinado candidato”, disse.

Ele explicou que se for assim a esquerda vai apresentar também titulo de cidadão para Haddad, Ciro Gomes, Boulos, Manuela D’Ávila e para todo mundo levando o debate eleitoral para Câmara.

“Mas isso não é certo porque o debate que interessa é em defesa da cidade e não de título para candidato a presidente. O comportamento da Casa está equivocado e o presidente Marcos Vinicius vai ter que rever a votação dessa matéria enquanto estivemos no período eleitoral”, avaliou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube