Fechar

Fechar

Vereador acusa colega de descumprir norma que evita campanha eleitoral na CMJP

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 12 de setembro de 2018 às 21:31.

Foto: Paraibaonline

Um ato normativo da Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa foi editado para evitar que a Casa vire palanque eleitoral com certos tipos de matérias, a exemplo da propositura de título de cidadania a quem esteja em disputa eleitoral, mas o que se viu na sessão desta quarta-feira (12) foi justamente um palanque armado.

O vereador Tibério Limeira (PSB) acusou o vereador Carlão da Consolação (PSL) de descumprir o ato ao propor uma homenagem ao candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), que segundo ele transformou a Casa em um palanque eleitoral provocando uma grande confusão fora e dentro do Plenário.

Limeira foi um dos quebrou o quorum de votação para não passar a matéria  e disse que quantas vezes ela for à pauta, vai barrar.

“Mas o grande xis desta discussão é a postura da Casa porque ela editou um ato organizando os procedimentos dos vereadores para evitar a campanha eleitoral no Plenário, mas hoje, foi protagonizado um dos dias mais vergonhosos  na quando a Casa foi aberta para fazerem palanque eleitoral para um determinado candidato”, disse.

Ele explicou que se for assim a esquerda vai apresentar também titulo de cidadão para Haddad, Ciro Gomes, Boulos, Manuela D’Ávila e para todo mundo levando o debate eleitoral para Câmara.

“Mas isso não é certo porque o debate que interessa é em defesa da cidade e não de título para candidato a presidente. O comportamento da Casa está equivocado e o presidente Marcos Vinicius vai ter que rever a votação dessa matéria enquanto estivemos no período eleitoral”, avaliou.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube