Fechar

Fechar

Polícia investiga golpe que teria causado prejuízo de R$ 3 milhões em João Pessoa

Da Redação com Secom/PB. Publicado em 28 de setembro de 2018 às 15:44.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

A Polícia Civil da Paraíba está investigando um suposto golpe ocorrido em João Pessoa que pode ter causado a cifra de R$ 3 milhões de prejuízos às vítimas.

Na tarde dessa quinta-feira (26), a Delegacia de Defraudações e Falsificações da Capital recebeu denúncias de que clientes teriam sido lesados pelo proprietário de uma revendedora de veículos, que atuava às margens da BR-230, no bairro de Miramar, em frente ao Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

Segundo a queixa prestada na delegacia, o proprietário da loja teria fechado o estabelecimento e desaparecido, com todos os veículos da revendedora.

Estima-se que havia no local cerca de 40 automóveis. Com isso, houve prejuízos aos clientes, que deixaram seus carros no comércio com o objetivo de serem revendidos.

De acordo com o delegado da DDF, Lucas de Sá, o desparecimento do dono e dos veículos teria ocorrido na última segunda-feira (24). Nas primeiras diligências feitas pelos policiais, foi constatado que a loja está fechada e com placa de “aluga-se”.

O proprietário da concessionária, de nome Josebrando Lopes Maciera Júnior, mais conhecido como “Júnior da Ponto Auto”, ainda não foi localizado pelos policiais.

Também há informações de que o empresário teria causado prejuízos até entre os funcionários, que não receberam direitos trabalhistas e não foram sequer informados sobre o fechamento do estabelecimento.

A DDF orienta que outras pessoas que tenham sido vítimas da loja também procurem a delegacia para fazer a denúncia. Qualquer informação sobre o caso pode ser repassada à polícia de forma anônima e gratuita pelo número 197.

A Secretaria de Estado de Segurança e Defesa Social garante o sigilo das informações. A identidade do denunciante será preservada.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube