Fechar

Fechar

Papa aceita renúncia de bispo brasileiro acusado de desviar R$ 2 milhões

Da Redação com Agência Brasil. Publicado em 12 de setembro de 2018 às 11:51.

O papa Francisco aceitou a renúncia do bispo de Formosa (GO), José Ronaldo Ribeiro, acusado de desviar R$ 2 milhões dos cofres da Igreja. Ele foi detido em 19 de março.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

A Santa Sé confirmou hoje (12) a decisão do papa. O arcebispo metropolitano de Uberaba (MG), Paulo Mendes Peixoto, desde março acumula as funções.

No começo do ano, o bispo José Ronaldo Ribeiro, quatro padres, um monsenhor, um vigário-geral e dois funcionários ligados à administração da Cúria foram presos na Operação Caifás. A ação investiga o desvio de recursos da Igreja Católica, em Formosa e em outras paróquias do Estado.

A suspeita é de que os integrantes tenham comprado imóveis, carros e joias, de acordo com o Ministério Público de Goiás.

Os recursos desviados procediam de dízimos, doações e taxas de batismos e casamentos. As investigações sobre o caso começaram a partir de denúncias de fiéis.

Segundo o MP de Goiás, a Justiça autorizou a realização de escutas telefônicas que comprovaram a prática de várias irregularidades.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube