Fechar

Fechar

Nelson Júnior afirma que não tem rombo na Previdência Social

Da Redação*. Publicado em 6 de setembro de 2018 às 8:05.

Para Nelson Júnior (PSOL), candidato ao Senado que esteve, nessa quarta (5), na sabatina realizada pela rádio CBN, muitas das avaliações sobre a reforma da Previdência, feitas por analistas econômicos, são em prol de um interesse empresarial.

Ele alega que houve uma CPI que demonstrou que não há rombo na Previdência Social.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

– Não tem rombo no sistema da Previdência. Veja só, isso vem lá de trás. Eu era adolescente quando Sarney virou presidente da República, botou Valdir Pires como ministro da Previdência  e já naquela época conversava-se essa história da Previdência falida. Valdir Pires entrou, foi ministro, investigou, saiu e disse: “olha, não tinha rombo, como não tem” – relembrou.

E prossegue:

– Agora, nós temos a aposentadoria dos trabalhadores rurais, que é paga com os recursos da Previdência e é correta. É correta porque é uma forma de distribuição de renda no país. Agora, a aposentadoria dos trabalhadores rurais está sendo paga também com recursos da Previdência, que foi da contribuição de vários trabalhadores ao longo do tempo. Então, é necessário que o Congresso Nacional também faça aporte para isso – sugeriu.

De acordo com Nelson, as desonerações, que são autorizações dadas pelo governo para que empresas paguem menos impostos, mais que triplicaram nos últimos 10 anos.

Além disso, ele afirma que houve renúncias de mais de R$ 370 bi entre 2014 e 2016 sobre a seguridade social, que é a garantia dada pela Constituição Federal de 1988 para três direitos sociais: saúde, previdência e assistência social.

– Então, um dos pontos fundamentais é a história das renúncias fiscais. Se você tira, entre 2014 e 2016, R$ 370 bi a menos, é lógico que isso vai trazer problema para a Previdência.

*Com informações da Rádio CBN

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube