Fechar

Fechar

João Azevedo busca polarizar o debate com Zé Maranhão

Da Redação. Publicado em 4 de setembro de 2018 às 22:35.

Os números obtidos pelo candidato a governador José Maranhão (MDB) nas recentes pesquisas já ensejaram um ´ajuste´ (e endurecimento) no tratamento dado pelos seus adversários Lucélio Cartaxo (PV) e (principalmente) João Azevedo (PSB).

Durante debate, ontem, na Arapuan FM, quando a discussão girou em torno do programa de pavimentação de rodovias estaduais (financiado pela Comunidade Andina), Maranhão disse ao socialista que “o seu governo quer aparecer como o fundador da Paraíba. Daqui a pouco vocês serão responsáveis pela construção da ponte do Rio Sanhauá, do jeito que vai. Vocês tiram o mérito de quem trabalhou”.

João Azevedo havia dito que “nós encontramos um pequeno programa (de pavimentação)”, e que o programa citado por Zé “estava paralisado, sem receber nenhuma parcela”.

Noutro momento, JM indagou o socialista sobre os custos mensais (segundo ele, discrepantes) de manutenção dos hospitais de trauma de Campina Grande e João Pessoa.

“Não há essa diferença que o senhor está colocando. Os dois hospitais têm, aproximadamente, o mesmo custeio. Na época (2011) que chegamos ao governo (sucedendo a Maranhão) existia até uma ala no hospital (de JP) que chamavam de ´Haiti´, um verdadeiro terror. E nós acabamos com tudo isso. Duplicamos o número de leitos e aumentamos a UTI. O hospital saiu das páginas policiais, que era uma constante”, respondeu João.

Na réplica, Zé disse que “os relatórios do Tribunal de Contas apontam essas disparidades. Isso é inegável, é um fato contábil”, fazendo em seguida menção à terceirização da gestão da unidade hospitalar pessoense.

*fonte: coluna Aparte, com o jornalista Arimatéa Souza. Para ler a coluna inteira, acesse AQUI.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube