Fechar

Fechar

Feirantes, Iphan e PMCG comemoram título de Patrimônio Cultural da Feira Central

Codecom/CG. Publicado em 27 de setembro de 2018 às 12:42.

A Prefeitura Municipal de Campina Grande e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) promoveram na manhã desta quinta-feira, 27, um “Abraço à Feira Central”. A ação marcou a passagem do primeiro aniversário da conquista, por parte da Feira Central de Campina Grande, do título de Patrimônio Cultural e Imaterial do Brasil.

Foto: Codecom/CG

Fotos: Codecom/CG

As atividades comemorativas começaram por volta das 7h, com uma concentração ao lado da Catedral de Campina Grande. Em seguida, feirantes, autoridades e ativistas culturais seguiram pelas ruas centrais em direção à feira, tendo a animação da Filarmônica Epitácio Pessoa.

Na feira, aconteceu a assinatura do “Pacto pela Salvaguarda da Feira Central” com o objetivo de resolver questões emergenciais do local, apontadas pelos próprios feirantes e pelo Comitê Gestor provisório de salvaguarda. Em seguida, aconteceram apresentações culturais no mercado, com a participação de emboladores de coco, cantadores de viola, roda de capoeira e tocadores de pífano.

 Fotos: Codecom/CG

Participaram do evento a presidente do Iphan, Kátia Bogéa; secretário de Cultura, Joia Germano, representando o prefeito Romero Rodrigues; José Carlos de Oliveira (superintendente do Iphan na Paraíba) e a comitiva do órgão, além de autoridades municipais e entidades civis. Foram confeccionadas pelo Iphan três mil bandanas para distribuição aos participantes do evento.

Também estiveram presentes o secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), Geraldo Nobre; secretária de Obras, Fernanda Ribeiro; coordenadora municipal do Meio Ambiente, Denise Sena; ativista cultural e professora Eneida Agra Maracajá; secretário de Planejamento, Alexandre Araújo e outras personalidades.

De acordo com o secretário municipal de Cultura, Joia Germano, a programação realizada na manhã desta quinta-feira representa mais um avanço na política de parceria entre a gestão municipal, feirantes e o Iphan em prol de melhorias para a feira central, um patrimônio histórico e cultural que muito orgulha todos os campinenses.

Foto: Codecom/CG

“Queremos a conservação deste grande patrimônio cultural de nossa cidade, verdadeiro marco inaugural da própria história campinense. Como queremos preservar a história da Rainha da Borborema, precisamos valorizar e manter cada  vez mais a nossa tradicional feira central. Por isso, o pacto que firmamos com a presidente do Iphan, Kátia Bogéa, é o compromisso de realizarmos o que for melhor pela feira central. A nossa parceria está cada vez mais consolidada”, afirmou.

Por sua vez, o representante dos feirantes, Cícero Pereira, agradeceu a todos os segmentos sociais e entes administrativos que trabalharam pelo reconhecimento da feira central. “Por isso, com esta união, acredito em dias melhores para a nossa tradicional e admirada feira, patrimônio de todos os brasileiros e não apenas dos filhos de Campina Grande”, afirmou.

 Fotos: Codecom/CG

Já o secretário Geraldo Nobre (Sesuma) lembrou o empenho do prefeito Romero Rodrigues em elaborar um projeto destinado à conquista de recursos para a revitalização daquela área comercial, sobretudo pelo reconhecimento nacional deste patrimônio, que é um fator gerador de cultura, turismo, emprego e renda na cidade.

Por fim, a presidente do Iphan, Kátia Bogéa, mostrou-se satisfeita com a programação realizada na cidade, além de reconhecer o esforço que tem sido feito na cidade em prol do plano de salvaguarda da feira.

 Foto: Codecom/CG

“Ações e obras fazem parte deste pacto e acreditamos que tudo vai se encaminhar da melhor forma possível com a integração de feirantes e órgãos públicos em geral”, afirmou, acrescentando que o reconhecimento obtido por Campina Grande demonstra a grandeza cultural, histórica e econômica da “Rainha da Borborema”.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube