Fechar

Fechar

Exposição do Intestino Gigante segue aberta, e Setembro Verde encerra com caminhada

Da Redação com Secom/JP. Publicado em 28 de setembro de 2018 às 10:58.

A exposição interativa do ‘Intestino Gigante’ segue aberta ao público, das 10h às 20h, até o próximo domingo (30) no Espaço Cultural José Lins do Rego. A atividade faz parte da programação do Setembro Verde, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa, em prevenção ao câncer colorretal (câncer de intestino).

Foto: Secom/JP

Foto: Secom/JP

Na Capital, a campanha será encerrada com uma caminhada que partirá do Busto de Tamandaré até a Fundação Casa de José Américo, na orla de Cabo Branco.

Com uma estrutura de 20 metros de comprimento e 3,5 metros de altura, o ‘Intestino Gigante’ permite que os visitantes tenham uma experiência interativa caminhando no interior de uma instalação que simula o intestino grosso. A circulação do público acontece por meio de um túnel inflável, formando um corredor contínuo da entrada até a saída. A visitação é gratuita.

A estudante Tainá Amâncio visitou a exposição junto aos colegas da escola e achou que é uma forma inovadora de conscientizar pessoas de todas as idades sobre a doença. “É muito interessante saber como funciona o intestino e quais as consequências deste tipo de câncer”, disse.

Para a estudante Hosana Victória, de 19 anos, a exposição é uma oportunidade de aprender a evitar doenças. “É uma verdadeira aula sobre o intestino e também importante para cuidarmos da saúde do nosso corpo”, comentou.

Durante a visita, podem ser visualizados exemplos das principais doenças que acometem esse órgão, com destaque ao câncer, assim como também são repassadas informações sobre prevenção, diagnóstico e tratamento dessas doenças.

Foto: Secom/JP

Foto: Secom/JP

Antes de adentrar na estrutura, os visitantes assistem a uma videoaula sobre o assunto. As visitas são monitoradas por médicos residentes do setor de coloproctologia do Hospital Municipal Santa Isabel (HMSI).

A coordenadora do Programa de Residência Médica em Coloproctologia do HMSI, Shirlane Frutuoso, destaca que a principal medida para evitar o câncer colorretal é adoção de hábitos saudáveis.

“É muito importante que as crianças conheçam a exposição, pois é na infância que a gente consegue sedimentar os bons hábitos, como o consumo de verduras e legumes, e durante a exposição há uma orientação adequada sobre esses hábitos”, afirmou.

Para encerrar a programação do Setembro Verde, será realizada a 1ª Caminhada Sinal Verde, neste domingo (30), saindo às 7h, do Busto de Tamandaré até a Fundação Casa de José Américo. A caminhada também é gratuita e aberta ao público em geral.

Antes de iniciar a caminhada, serão disponibilizadas camisetas que serão trocadas por um brinquedo novo ou em bom estado para serem doados à Casa da Criança com Câncer. Haverá, ainda, a distribuição de água e frutas para os participantes.

A campanha Setembro Verde tem o objetivo de orientar a população sobre a prevenção do câncer colorretal. Para promover a campanha, foram realizadas, durante todo o mês de setembro, ações informativas e educativas sobre o tema em vários serviços da rede municipal de saúde.

Em João Pessoa, a campanha é uma parceria da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) com a Associação Brasileira de Prevenção ao Câncer de Intestino (Abrapreci), Fundação Napoleão Laureano, Centro Universitário de João Pessoa (Unipê), Associação Brasileira de Coloproctologia, Sociedade Paraibana de Coloproctologia, Sociedade Paraibana de Gastroenterologia e Sociedade Paraibana de Endoscopia Digestiva.

O câncer de intestino é o terceiro tipo de tumor mais frequente em homens e o segundo entre as mulheres, mas pode ser curado, se detectado precocemente. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que, até o final deste ao, haverá 36.360 novos casos da doença no País.

Alguns dos principais sintomas são: sangramento anal, diarreia e constipação alternados, perda de peso sem causa aparente, anemia e fraqueza. A pessoa com esses sintomas deve procurar inicialmente um médico da Atenção Básica de Saúde, que solicitará exames e encaminhará a um gastroenterologista ou proctologista.

A doença pode ser prevenida a partir de hábitos saudáveis como a prática regular de atividades físicas, alimentação variada e balanceada, consumo de dois litros de água ao dia, moderação do consumo de bebida alcoólica e não fumar.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube