Fechar

Fechar

Socialista defende que vice de João Azevedo deve vir de Campina Grande

Da Redação. Publicado em 1 de agosto de 2018 às 21:30.

O secretário executivo de Planejamento, Orçamento e Gestão, Fábio Maia, comentou sobre o apoio do PSB à candidatura de Lula (PT) e frisou que o partido tem bons nomes para compor a vice-presidência, destacando Renata Campos, esposa do ex-governador Eduardo Campos.

Em entrevista nesta quarta-feira, 1, Maia frisou que a decisão é uma questão de coerência e que na Paraíba, a maior liderança do Estado, o governador Ricardo Coutinho (PSB), sempre teve uma posição de proximidade com o ex-presidente Lula.

Também enalteceu a candidatura a senador na chapa do PSB do deputado federal Luiz Couto (PT), que, segundo ele, é um passo importante, pois o petista “é alguém que não tem nada que abale a sua conduta”.

– Acho que ocuparemos as duas vagas no Senado, dentro desse processo eleitoral, além da de governador – pontuou.

Foto: Paraibaonline

Em relação ao Progressistas, Fábio afirmou que o diálogo existia, em vários leques de opção, e o que o PSB apresentou as propostas, mas que as outras composições da chapa majoritária acontecem com o tempo.

Porém salientou que o fato já está bem definido, e essa possibilidade de aliança “não acontecerá mais”, pois o PP está na oposição.

Já em relação ao PDT da vice-governadora Lígia Feliciano, que é pré-candidata ao governo, o secretário ponderou que “muita coisa pode acontecer, inclusive nada, e possibilidades de diálogos podem existir”, defendendo ainda que o vice da chapa deve sair de Campina Grande.

– Eu defendo um nome de Campina Grande para vice, mas acredito que tem que se pensar naquilo que se possa somar mais, para se ter uma chapa exitosa. Existe um diálogo do próprio presidente nacional do PDT Carlos Lupi com o governador, e o governador tem uma relação muito boa com Ciro. Ninguém se fala sobre uma coisa específica, pois política se conversa como um todo. Daqui para as convenções podemos ter muitas surpresas – sublinhou.

Em relação ao DEM, que tem reivindicado a vaga de vice na chapa do PSB para o ex-senador Efraim Morais, Fábio afirmou que não pode falar de capilaridade política, mas que a solicitação da legenda é legítima, já que faz parte do arco de alianças.

As declarações repercutiram na Rádio Correio FM

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube