Fechar

Fechar

Senado decide só votar matérias polêmicas após as eleições

Ascom. Publicado em 9 de agosto de 2018 às 9:35.

O vice-presidente do Senado, senador Cássio Cunha Lima, declarou que dois projetos que estavam na lista de prioridades do Planalto, o da cessão onerosa e o das distribuidoras da Eletrobras,  só serão votados depois das eleições.

Foto: Pedro França/Agência Senado

Foto: Pedro França/ Agência Senado

A declaração de Cássio praticamente enterra os planos de organizar um megaleilão do pré-sal ainda neste ano e de vender no fim de agosto mais quatro distribuidoras de energia controladas pela estatal.

Os dois projetos de lei já foram aprovados na Câmara dos Deputados. Por causa das eleições, o Senado está em regime de esforço concentrado. Reúne-se esta semana e só deve voltar a se encontrar na última semana de agosto e em uma semana do mês de setembro. A votação dessas duas matérias diretamente em plenário dependeria da aprovação de requerimento de urgência, o que não aconteceu.

“Nada que tenha qualquer polêmica, e esses dois temas são polêmicos, será submetido a votação. Recomenda o bom senso que possamos esperar a vontade soberana do povo. Aí, sim, teremos a pauta desse novo governo”, apontou o vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), logo após deixar a reunião de líderes nesta terça-feira (07/08).

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube