Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Criança Esperança tem noite engajada e programação musical eclética

Da Redação. Publicado em 19 de agosto de 2018 às 20:50.

Foto: Reprodução/ TV Globo

Foto: Reprodução/ TV Globo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Realizado neste sábado (18), o show do Criança Esperança 2018 reuniu 30 mobilizadores e ficou marcado pela postura especialmente engajada, que não se limitou a abordar apenas diretos das crianças e adolescentes, mas também temas como racismo, igualdade de gênero e violência.

Do lado musical, o evento reuniu estilos distintos, indo de nomes como Ivete Sangalo e Wesley Safadão a Mumuzinho e Johnny Hooker.

O comando do programa foi dividido entre sete apresentadores: Fernanda Gentil, Jonathan Azevedo, Camila Pitanga, Dira Paes, Lázaro Ramos, Leandra Leal e Flávio Canto. Foram eles os principais responsáveis pelo tom engajado do espetáculo.

“O mundo está doente. E não dá mais pra negar. Luxo e abundância, de um lado. Miséria e pobreza, do outro. Consumismo e desperdício, de um lado. Fome e desnutrição, de outro”, disse Dira Paes.

“Estamos entre os 10 países mais desiguais do mundo. E a desigualdade econômica gera outras desigualdades: de escolaridade, de gênero, de oportunidade, de trabalho, de futuro”, completou Leandra Leal.

O ator Jonathan Azevedo, ao contar sua história, lembrou de como um projeto apoiado pela colega Camila Pitanga foi fundamental para mudar sua realidade, enquanto a judoca Rafaela Silva, medalhista de ouro nas Olimpíadas Rio-2016, relembrou sua formação em instituto criado por Flávio Canto.

“Eu só virei atleta e ganhei o ouro nas Olimpíadas porque lá atrás alguém olhou para mim”, disse Rafaela.

Entre os números musicais, o destaque ficou para as parcerias entre Ivete Sangalo e Milton Nascimento, que cantaram “Bola de Meia, Bola de Gude” e entre Caetano Veloso e Djavan, que subiram ao palco com seus filhos para cantarem “Sina”.

Foto: Reprodução/ TV Globo

Foto: Reprodução/ TV Globo

Quem não poderia faltar, é claro, era o humorista Renato Aragão, que, ao lado do poeta Braulio Bessa, recitou um poema em homenagem aos retirantes e refugiados do mundo.

“Eu, que estou aqui desde o comecinho, há 33 anos, fico emocionado de ver essa sementinha que eu plantei crescer cada vez mais, não só nas doações, mas nessa mobilização tão bonita. E quero ver surgir ainda mais projetos sociais para acolher as nossas crianças por todo o Brasil”, disse Renato.

A mobilização do Criança Esperança continua até o final do Fantástico, na noite deste domingo (19). Marcio Garcia, Maju Coutinho, Sandra Annenberg, Fátima Bernardes e Regina Casé são alguns dos apresentadores que devem comandar flashes ao vivo ao longo da programação da Globo neste final de semana.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube