Fechar

Fechar

Servidores técnicos em greve exigem revogação de portaria da UEPB

Da Redação*. Publicado em 31 de julho de 2018 às 12:28.

O presidente do Sindicato dos Servidores Técnico-Administrativos da Universidade Estadual da Paraíba, Gustavo Terto, comentou sobre a greve da categoria, deflagrada nessa segunda-feira, 30 e afirmou que não será mantida.

Ele frisou que a decisão foi por conta da portaria 667, implantada pela Reitoria, que além de impedir a entrada de vários alunos, também impede o afastamento dos técnicos para capacitação, bem como o congelamento da data-base.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

– Vimos, por bem, radicalizar o movimento contra esses ataques. Reivindicamos o descongelamento da data-base e das progressões, bem como a revogação da portaria 667, porque achamos que é um ataque muito grande para uma universidade pública de qualidade – frisou.

Gustavo também destacou que as perdas salariais da categoria estão em torno de 27%. Segundo ele, o efetivo que vai funcionar é o pessoal que é contratado, sem concurso público, e os serviços essenciais, que são as manutenções de máquinas e o tratamento de animais.

*As declarações repercutiram na Rádio Correio FM, nesta terça-feira (31)

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube