Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Hospital de Trauma de João Pessoa realiza ação educativa sobre trânsito

Da Redação com Secom/PB. Publicado em 30 de julho de 2018 às 17:48.

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, realizou um evento de conscientização de educação para o trânsito, em toda unidade hospitalar.

O evento foi realizado em parceria do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB), Departamento de Estradas e Rodagens da Paraíba (DER), Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob – Cabedelo), Polícia Militar, bem como entidades civis e religiosas.

O diretor administrativo da unidade de saúde, Sidney Schmid, ressaltou a importância da ação.

“Nosso ‘carro chefe’ em atendimentos são os acidentes de trânsito. Os incidentes envolvendo motociclistas representam mais de 50% das ocorrências da instituição. Vejo essa iniciativa com grande importância, afinal de contas, vamos falar com os jovens e adultos dos riscos à saúde e a vida pela falta de respeitos às normas de trânsito. Visamos assim, formar multiplicadores e diminuir a reincidência dos pacientes que entram no complexo hospitalar”, explicou.

Segundo o setor de estatísticas da unidade hospitalar, no primeiro semestre de 2018, deram entrada 3.655 vítimas de acidentes envolvendo motociclistas, constatando uma queda de 9,2% com relação ao mesmo período em 2017 quando deram entrada 4.023.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

Contudo, os números de incidentes de trânsito subiram de 4.891 para 4.911, com destaque para o aumento do número de atropelamentos.

Na ocasião, os representantes das instituições visitaram as enfermarias e o acolhimento familiar da unidade de saúde e aproveitaram a oportunidade para tirar dúvidas dos acompanhantes e pacientes sobre as condutas adequadas nas vias, como também sensibilizá-los da importância do uso dos equipamentos de segurança.

De acordo com o chefe do núcleo de estudo de trânsito da PM, major Formiga, cerca de 40 pessoas participaram da ação.

“Ao percorrer as enfermarias, levamos informações, números de estatísticas, detalhes de acidentes de trânsitos com vítimas fatais e com pessoas que ficaram sequeladas, além dos gastos que o Estado e o país têm com essas vítimas. Vale ressaltar que essa parceria tem que ter continuidade para que os ouvintes sejam agentes multiplicadores. Eu sou um agente multiplicador, também já estive na condição desses familiares quando perdi parentes e amigos para o trânsito”, frisou.

A representante do Detran, chefe da Divisão de Educação para o Trânsito, Abimadabe Vieira, ressaltou o objetivo do evento.

“Nosso objetivo é mostrar aos familiares e vítimas que eles não estão sós. Primeiro estão numa instituição segura em que os funcionários são competentes, e segundo os aparelhos de segurança de trânsito estão solidários a eles. Queremos orientá-los como cidadãos para que comecem em casa a serem responsáveis e obtenham comportamentos mais humanos”, salientou.

Para o gerente de transporte do DER, Antônio Fleming Martins Cabral, a conscientização é a chave para acabar com está epidemia de acidentes de trânsitos.

“O contato integrado dos órgãos permitem que as pessoas mudem as atitudes, obedecendo à legislação e utilizando os equipamentos de segurança. Temos que continuar com os ciclos de palestras para que a conscientização desperte nas pessoas atitudes sérias e preservação a vida”, concluiu.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube