Fechar

Fechar

Deputado fala sobre atual situação do PSD após falecimento de Rômulo Gouveia

Da Redação. Publicado em 7 de julho de 2018 às 9:25.

O deputado estadual Manoel Ludgerio, que tambem integra a comissão executiva do PSD na Paraíba, falou sobre os rumos que o partido está tentando tomar após o falecimento de Rômulo Gouveia.

Ele afirmou compreender o momento difícil que Eva Gouveia, esposa de Rômulo e presidente do partido está passando e disse que tem ponderado que neste momento é importante ter alguém no grupo que possa buscar o diálogo com o pré-candidato Lucélio Cartaxo diante da posição de oposição que eles ocupam. Manoel disse que é necessário saber onde o PSD estará na coligação, quem são os candidatos, quais são os espaçoes durante a propaganda eleitoral e qual a expectativa que há.

Manoel Ludgerio esteve recentemente em Brasilia com Gilberto Kassab, presidente nacional da legenda, e houve diálogos no sentido de que o partido possa ser convidado para discutir programa de governo e a construção das coligações.

Ele disse que esteve também com Raimundo Lira, que não voltará mais a postular o cargo de senador porém continua a acompanhar os pleitos da Paraíba.

– Temos uma chapa majoritária que está em formação. A renúncia de Lira abriu espaço. Temos potenciais candidatos a senadores no PSD? Talvez não. Na política temos que ter cuidado pra não sermos ridículos. Se nao temos candidatos para subistituir Lira a altura, temos nomes que poderiam figurar na chapa majoritária dentro das suplências do Senado. – declarou ele, mencionando o nome de Inaldo Leitão como possibilidade para ocupar uma das suplências de Senador.

Foto: Paraibaonline

Ludgerio disse que tudo precisa ser estabelecido e que se preocupar porque, segundo ele, hoje o partido em nível de representação estadual se resume a ele mesmo.

– Nós perdemos uma cadeira importante no congresso nacional. Se ali no momento do falecimento de Rômulo tivesse havido um entendimento para que eu fosse candidato a deputado federal e Eva a estadual, ela teria hoje uma eleição pra Assembléia muito tranquila. – disse, explicando que quando Eva anunciou a postulação a Câmara Federal, ele mesmo convocou aliados das bases sob o pedido de que ninguém se dispersasse.

Ele afirmou esperava que houvesse um diálogo interno entre ele e Eva Gouveia antes da carta de postulação e disse que esse tipo de erro não pode acontecer. Manoel disse que apenas os amigos se mantiveram até a renúncia de Eva.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube