Fechar

Fechar

Cássio: Ricardo Coutinho persegue cidades inteiras. Veja imagens

Da Redação. Publicado em 16 de julho de 2018 às 16:56.

Foto: Leonardo Silva

Foto: Leonardo Silva

Na introdução de seu discurso durante o encontro regional do PSDB e aliados, no final de semana, em Campina Grande, o senador Cássio Cunha Lima convidou os presentes ao evento para respeitarem 1 minuto de silêncio em homenagem ao ex-deputado Rômulo Gouveia.

“Ele está fazendo uma falta imensa nesse instantes”, salientou.

CCL fez uma invocação ao nome do encontro – ´A Paraíba que queremos´.

“É o desejo que nos une, que é voltar a ter a Paraíba inteira, completa, com seus 223 municípios. Eu acho que é esse nosso primeiro desejo: que a Paraíba volte à integralidade de seu território, banindo de vez a perseguição, o atraso, que caracteriza quem faz, do exercício do governo, um instrumento de discriminação, porque não é só Campina que está riscada do mapa do Estado”, verbalizou CCL.

Conforme o senador, “o Estado deixa de cumprir contrapartidas obrigatórias, como farmácia básica, Samu e UPAs. Não falo nem de convênios”.

Foto: Leonardo Silva

Foto: Leonardo Silva

O ´tucano´ externou a aposta na “multiplicação dos exemplos bem sucedidos” nas administrações atuais de João Pessoa e Campina Grande para os 223 municípios.

À sua ótica, o governo de Ricardo “é atrasado, ultrapassado, carcomido e envelhecido”, que com “um discurso de pseudo republicanismo persegue cidades e populações inteiras”.

Cássio também criticou o que chamou de “política equivocada de arrocho fiscal”.

“Quem é comerciante hoje na Paraíba compõe uma minoria perseguida”, atestou.

“Obras? Todo governante faz”, ponderou o ´tucano´.

“Mas não basta governar dessa forma, é preciso cuidar das pessoas, ouvi-las, tratá-las com respeito e dignidade”, realçou.

“O nosso desafio é mudar aquilo que precisa ser mudado; prosseguir o que vem dando certo; melhorar o que pode ser melhorado; e corrigir o que precisa ser corrigido. É isso o que nos une“, assinalou.

O senador observou que Lucélio “vem sendo cobrado, e não podemos atribuir a Lucélio o erro dos outros”, no que diz respeito aos compromissos para com Campina.

CCL prosseguiu: “As pessoas (aqui presentes) estão confiando em você para que esses erros do passado não se repitam. Essas pessoas vão entregar a você e a Micheline o melhor de suas energias. Não frustre nem decepcione essas pessoas. Você será o próximo governador da Paraíba, para fazer essas mudanças”.

*fonte: coluna Aparte, com o jornalista Arimatéa Souza. Para ler a coluna inteira, acesse AQUI.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube