Fechar

Fechar

Universidade Federal de Campina Grande lança edital do SiSU 2018.2

Da Redação com Ascom. Publicado em 6 de junho de 2018.

A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) lançou nesta quarta-feira, dia 6, o edital que rege a participação da instituição no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2018.2.

Serão ofertadas, ao todo, 1.525 vagas em 35 cursos de graduação, sendo 755 vagas na modalidade ampla concorrência e 770 reservadas para o sistema de cotas (Lei Nº 12.711/2012).

As inscrições para o SiSU 2018.2 serão realizadas na próxima semana, de 12 a 15 de junho, na página http://sisu.mec.gov.br/, com o resultado da chamada regular (única) saindo no dia 18 de junho.

Na terminologia oficial da UFCG, cadastramento e matrícula são procedimentos diferentes. O cadastramento é o procedimento por meio do qual o candidato aprovado se torna aluno da UFCG. Já a matrícula é o procedimento por meio do qual o aluno define as disciplinas que irá cursar em cada período letivo.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O cadastramento dos convocados na chamada única será realizado nos dias 22, 25, 26, 27 e 28 de junho, com a manifestação de interesse em participar em lista da espera ocorrendo de 22 a 27 de junho.

A primeira chamada da UFCG acontecerá no dia 3 de julho, com o cadastramento dos convocados acontecendo nos dias 5 e 6.

A matrícula em disciplinas ocorrerá no dia 15 de agosto e o início das aulas está programado para o dia 20 de agosto.

Redução de vagas para portadores de deficiência

O SiSU 2018.2 apresenta mudanças nos critérios de definição do percentual de vagas reservadas para candidatos portadores de deficiência, em relação à edição 2018.1.

Após entendimentos entre o MEC e o Ministério da Saúde e a Comissão Nacional de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência e dos Direitos Humanos, o percentual de vagas para o estado da Paraíba baixou de 27,77 para 9,78%.

Até a edição 2018.1, o MEC utilizou o percentual de pessoas que, no último censo realizado pelo IBGE,

declararam possuir deficiência total (não consegue de modo algum ver/ouvir/etc.), “grande dificuldade” ou “alguma dificuldade” decorrente da deficiência.

A partir de agora, o ministério utilizará o percentual de pessoas que declararam possuir deficiência total ou “grande dificuldade”, deixando de contar aquelas que responderam que possuem “alguma dificuldade”.

Veja aqui o edital completo e aqui a legislação do processo.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube