Fechar

Fechar

TCE corta salários de vereadores afastados em Cabedelo

Da Redação. Publicado em 14 de junho de 2018.

Foto: Ascom

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/PB) autorizou, durante sessão nesta quinta-feira, 14, o corte dos salários do vereadores afastados durante a Operação Xeque-Mate, em Cabedelo.

A Corte de Contas entendeu que há ilegalidade no pagamento desses salários, já que os dez vereadores não estão trabalhando.

Os parlamentares foram afastados após serem suspeitos de um esquema de corrupção na cidade.

“O Tribunal abraçou a tese de que a remuneração só é devida a quem trabalha, salvo aquelas hipóteses em que a lei permite de licenças com remuneração”, afirmou o presidente do TCE, André Carlo Torres, reforçando que a decisão vale para todos os servidores afastados por decisão judicial, incluindo prefeito da cidade, Leto Viana, e o vice Flávio de Oliveira.

O esquema de corrupção em Cabedelo gerou um prejuízo de cerca de R$ 30 milhões aos cofres públicos.

*Com informações do JPB

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube