Fechar

Fechar

Servidores da saúde de Campina realizam assembleia para deliberar sobre greve

Da Redação com Ascom. Publicado em 8 de junho de 2018 às 16:13.

Os grevistas da saúde de Campina Grande se concentram na frente da Secretaria de Administração na próxima segunda-feira, 11, a partir das 9h, para assembleia extraordinária.

Conforme divulgado anteriormente pelo Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab), os servidores também estiveram no local na manhã desta sexta, 08, quando realizaram ato público e panfletagem pelo Centro da cidade, para expor os motivos da paralisação.

A direção do Sintab reforçou que o movimento continua, até que a categoria delibere em assembleia sobre sua conclusão.

“A assembleia foi convocada após o recebimento da notificação sobre a ilegalidade do movimento, no início da tarde desta sexta. Como já explicamos antes, o movimento grevista começa e termina com assembleia da categoria, que é soberana”, frisou o vice-presidente, Giovanni Freire.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

Durante o movimento de hoje, Giovanni lembrou que sobra dinheiro nos cofres da Prefeitura Municipal para garantir O Maior São João do Mundo, mas falta sempre para os efetivos, que sequer receberam o salário do mês de maio, em sua grande maioria.

“Não houve nenhum diálogo, nenhuma negociação, nenhum respeito com estes trabalhadores, que são guerreiros por estarem aqui mesmo sem ter recebido os salários. Portanto o sentimento de greve permanece”, completou.

Ele salientou ainda que, ao contrário do que divulga a Prefeitura de Campina Grande, a culpa do atraso na campanha de vacinação e na precariedade do atendimento não é dos servidores, lembrando que falta geladeira e vacina nas unidades há vários meses, assim como remédios, material para realização de exames, de expediente e até de limpeza.

“Se a gestão não cumpre sequer o prazo do pagamento dos servidores, que dirá a garantia das condições mínimas para o atendimento no SUS”, destacou o vice-presidente.

Nunca é demais lembrar:

Reajuste salarial de todas as categorias, respeitando-se a data base, reforçando que o aumento concedido não é aceito pelos trabalhadores;

Pagamento do benefício referente ao Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) e da Gratificação por Incentivo ao Trabalho (GIT);

Efetivação dos Planos de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) tanto para Agentes de Combates às Endemias (ACE) e Agentes Comunitários de Saúde (ACS), como para os demais profissionais da saúde;

Melhorias das condições de trabalho, que estão precárias em todos os setores da saúde.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube