Fechar

Fechar

PT/PB faz imposição para apoiar João Azevedo a governador

Da Redação com Ascom. Publicado em 14 de junho de 2018 às 15:24.

Foto: Ascom

O PT quer eleger uma bancada expressiva de deputados federais e estaduais nas eleições de outubro. Os dirigentes partidários também condicionam participação do PT na chapa majoritária do PSB, apresentando um nome petista ao Senado Federal. O manifesto foi lançado nesta quinta-feira (14).

Ainda no manifesto, o partido afirma junto com seus parlamentares estaduais e federal apoio ao governador Ricardo Coutinho.

Os dirigentes acreditam que a frente ampla liderada pelo PSB da Paraíba, que se forjou nas ruas e nas lutas democráticas, deva ser mantida em 2019.

Eis o documento.

O Brasil Feliz de Novo: LULA PRESIDENTE

1. O golpe de 2016, patrocinado por uma coalizão de elites políticas e econômicas, apoiadas pela mídia global, pela maioria do Congresso Nacional golpista e por setores do Poder Judiciário, mergulhou o país em uma profunda crise política, econômica e social. Diminuíram o investimento público em políticas sociais como a educação, a saúde e o Bolsa Família, aumentando os níveis de desemprego e
de desigualdade. O país vive uma escalada de judicialização e forte militarização da política, inédita desde a Constituição de 1988, ao tempo que assistimos o crescimento da violência nas cidades. Aumentou também a violência contra militantes de movimentos sociais, cujo caso mais simbólico foi o assassinato da vereadora Marielle Franco, com a complacência de setores do Estado. Políticas públicas de direitos humanos, de combate ao racismo e à homofobia, de promoção da igualdade de gênero e do empoderamento das mulheres e em favor dos indígenas e das comunidades tradicionais, consagradas pelos governos Lula e Dilma, estão esvaziadas e desmontadas.

2. O desgoverno golpista de Temer parou o país. Atolado em corrupção e sujeito às pressões de uma base parlamentar golpista e predadora do interesse público, o governo ilegítimo de Temer e dos seus aliados golpistas não conseguem reverter a crise por eles criada, pois são totalmente dissociados dos interesses do Brasil e de seu povo. A alta desenfreada dos combustíveis levou à recente greve dos caminhoneiros, produto da política de preços praticada pela Petrobrás na gestão de Temer e Pedro Parente – filiado do PSDB -, que vinculou a venda de diesel, gasolina, gás e outros combustíveis à flutuação internacional dos preços do petróleo, que é dolarizada, em favor dos interesses dos rentistas e das grandes empresas de petróleo estrangeiras, interessadas também na venda do Pré-Sal e da Petrobras. Para nós, do PT, o Pré-Sal e a Petrobras são patrimônios do povo brasileiro e seus lucros e dividendos devem servir para investimentos em educação e saúde, gerando desenvolvimento e qualidade de vida aos brasileiros.

3. O povo brasileiro precisa voltar a ser feliz: em todas as pesquisas de intenções de voto Lula aparece para presidente da República em primeiro lugar. A candidatura Lula não pertence mais ao PT, pertence à maioria do povo brasileiro, que expressa a vontade de ir às urnas com eleições livres. O Brasil precisa retomar a democracia a partir de um governo eleito soberanamente pelo povo. 4. Eleger Lula Presidente com uma forte bancada parlamentar no Senado e na Câmara dos Deputados são as prioridades do PT para as eleições gerais de 2018. Para derrubar o golpe contra os direitos sociais e trabalhistas do povo brasileiro é fundamental elegermos uma bancada que apóie o referendo revogatório da Reforma Trabalhista, da EC 95, terceirização e a legislação que entregou o Pré-Sal e deu mais de um trilhão de reais de incentivos as petroleiras estrangeiras, além de aprovar reformas que devolvam o Brasil para os brasileiros e brasileiras, através de uma plataforma de propostas a serem aprovadas nas urnas.

5. Estas prioridades devem se estender para o PT nos estados. Na Paraíba, temos um governo que denunciou o golpe de 2016. Reconhecemos a importância do papel desempenhado pelo governador Ricardo Coutinho e pelo PSB da Paraíba na luta pela democracia, participando nas ruas contra o golpe, ao lado das forças democráticas e progressistas e dos partidos e movimentos sociais que compõem o arco de alianças prioritário do PT, como o PCdoB, o PDT, as Frentes Brasil Popular e Povo sem Medo, a Consulta Popular, além do MST, do Levante Popular da Juventude e de centrais sindicais como a CUT e a CTB.

6. Na Paraíba O PT, junto com seus parlamentares estaduais e federal, segue apoiando o governo. Acreditamos que esta frente ampla liderada pelo PSB da Paraíba, que se forjou nas ruas e nas lutas democráticas, deva ser mantida em 2018.

7. Queremos expressar nossa opinião ao conjunto da militância do PT da Paraíba, defendendo a construção de uma frente ampla e democrática que apoie Lula Presidente e João Azevedo Governador. Esta frente deve estar fundamentada e condicionada à formação de uma aliança proporcional que permita ao PT e partidos aliados elegerem uma bancada expressiva de deputados federais e estaduais no estado, bem como também condicionada pela participação do PT na chapa majoritária, apresentando um nome petista ao Senado, buscando eleger 2 senadores comprometidos com o Projeto Lula Presidente e João Governador.

8. Por acreditarmos que estamos formando uma frente política fundamentada na defesa da democracia e na melhoria das condições de vida do povo brasileiro, afirmamos que é importante não apenas eleger um governador, mas uma bancada parlamentar comprometida com as tarefas democráticas e populares que a gravidade do momento exige.

9. Pela sua história de lutas e pelo seu enraizamento junto ao povo paraibano, afirmamos que o PT da Paraíba precisa disputar e eleger um ou uma representante no Senado, bem como ampliar suas bancadas de deputados federais e estaduais, com o intuito de reforçar as mudanças e reformas do governo popular a ser eleito nas urnas. Defendemos que o PT construa esta alternativa em aliança política, formal ou não, com o PSB, indicando um nome para o Senado da República, renovando a
representação social e política para avançarmos nas mudanças e transformações
que a sociedade brasileira necessita.

10. Lula livre! Lula Inocente! Lula presidente!

Adalberto Alves – Executiva Municipal João Pessoa
Ademir Diniz – Executiva Municipal João Pessoa
Aguinaldo Lemos – Diretório Regional PT PB
Almir Nóbrega – Diretório Regional PB
Anselmo Castilho – Executiva Regional PB
Arimatéia França – Diretório Regional PB
Bebé de Natércio – Secretário de Cultura PT PB
Carlos Nanan – Presidente Diretório Municipal Jacarau
Dráuzio Macedo – Coletivo Setorial Sindical PT/PB
Elanligia Pedroza – Executiva Regional PB
Glailson Correia – Executiva Municipal Sapé
Igor Bento – Coletivo JPT
Itamara Silva (Marinha) – JPT Bayeux
Jefferson Palmeira – filiado João Pessoa
Josenilton Oliveira – vice-presidente Diretório Municipal Mamanguape
Junior do PT – Presidente Diretório Municipal Ingá
Lenira Pessoa – Presidenta Diretório Municipal Caaporã
Lucio André – Coletivo Nacional Cultura PT
Luzenira Linhares – Presidenta Diretório Municipal João Pessoa
Marcos Henrique – Vereador João Pessoa
Maria Luiza – filiada PT João Pessoa, professora UFPB
Miguel Alves – Presidente Diretório Municipal Sapé
Paulo Marcelo – Diretório Regional, Presidente da CUT
Pedro Matias – Secretário Juventude Belém, Coletivo JPT PB
Rafael Santos – JPT João Pessoa
Rafael Soares – Secretario de Juventude PT Sapé
Robson Silva – Secretário de Juventude PT Mamanguape
Rodrigo Freire – Diretório Regional PB
Rodrigo Soares – Diretório Nacional
Sandro Gomes – Diretório Municipal João Pessoa
Sérgio Bandeira – Diretório Regional PB
Vania Lemos – Presidenta Diretório Municipal Mamanguape
Wilma Martins de Mendonça – Diretório Municipal João Pessoa

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube