Fechar

Fechar

Deputado se irrita pela falta de quorum e chama colegas de ‘palhaços’

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 6 de junho de 2018.

Foto: Paraibaonline

O deputado João Henrique (PSDB) ficou bastante irritando durante a sessão desta quarta-feira (06), porque não houve quorum suficiente para analisar o veto do governador Ricardo Coutinho (PSB), referente ao PL Nº 1.785 2018 de autoria do Ministério Público da Paraíba, que dispõe sobre a aposentadoria voluntária dos servidores do órgão. O projeto tem o objetivo de abrir vagas em comarcas e aposentar que tem direitos adquiridos.

Segundo ele, houve um esvaziamento deliberado da sessão porque os governistas teriam que saber primeiro do chefe do Poder Executivo se é pra derrubar ou manter o veto, uma vez que, a matéria já tinha sido aprovada à unanimidade pelos deputados.

“Mas o senhor governador vetou a matéria ao arrepio da lei e, lastimavelmente, o veto chega a Casa, tranca a pauta, e na hora da apreciação com os 36 palhaços comandados pelo palhaço mor que é o presidente, ele suspende a votação porque vai pedir ao governador como votar a matéria. Sinceramente, isso está demais, ultrapassou os limites razoáveis. Não posso, não devo aceitar manobras dessa natureza”, bradou o tucano.

Segundo ele, o presidente Gervásio Maia (PSB), o primeiro secretário, Ricardo Barbosa (PSB) e o líder do governo Hervázio Bezerra (PSB) deixaram de estar presentes à sessão, de cumprirem suas responsabilidades, de votar as matérias em favor da Paraíba para se curvarem ao Poder Executivo.

 “Eles foram se subjugar à vontade do governador para somente apreciar o veto na próxima sessão e se ele não concordar  com a derrubada, a Casa vai se humilhar, se agachar para manter o veto. Isso é uma vergonha. É bom presidente, que o povo saiba até que ponto chegou esse parlamento. Eu estou deverasmente injuriado”,ressaltou João Henrique.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube