Fechar

Fechar

Coluna Murillo de Aragão: Moedas, acaso e eleições

Da Redação. Publicado em 3 de junho de 2018.

Foto: Ascom

Por Murillo de Aragão (*)

O tempo que a moeda leva para girar no ar antes de cair é o momento de se tomar a decisão.

A teoria, meio maluca, é de Gerd Gigerenzer, psicólogo alemão especialista em tomadas de decisão.

Tradicionalmente, consultores recomendam o seguinte processo para a tomada de decisões: listar os pros e os contras em colunas opostas e escolher o lado que contiver maior número de itens positivos.

Se você tiver de escolher entre dois candidatos, por exemplo, o processo natural é esse mesmo: liste as qualidades e os defeitos de cada um e analise o saldo.

Se, evidentemente, um deles apresentar muito mais vantagens comparativamente, o melhor a fazer é escolhê-lo. Porém, às vezes, a situação fica mais complexa e não se tem clara visão a respeito do melhor candidato.

CONTINUE LENDO AQUI

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube