Fechar

Fechar

Campinense bate o Brasiliense e garante vaga nas quartas da Série D

Da redação/Evandro Reis. Publicado em 25 de junho de 2018 às 23:48.

Foi na base da raça. O Campinense também mantém o sonho do acesso na Série D do Campeonato Brasileiro. Na noite desta segunda-feira, no estádio Amigão, em Campina Grande,  o time rubro-negro venceu o Brasiliense no tempo normal por 1 a 0 e nos pênaltis por 5 a 4,  e avançou às quartas de final da competição.

No tempo normal, a Raposa bateu o Jacaré por 1 a 0, devolvendo o revés do jogo da ida, no Distrito Federal. O gol da Raposa foi marcado por Denilson, aos 44 minutos do segundo tempo.

Na decisão por pênaltis, o Campinense converteu todas, através de Marcinho, Marcelinho, Felipe Macena, Denilson e Eduardo. Já pelo lado do Brasiliense, Tatá desperdiçou a cobrança. Os que balançaram as redes foram: Felipe Cirne, Gabriel, Wellington Saci e Nunes.

Nas quartas, o Campinense vai enfrentar o Ferroviário, do Ceará. Isso porque o time de Campina Grande teve a terceira melhor campanha dos classificados, enquanto a equipe cearense é dona apenas da sexta. Nesse caso, os rubro-negros farão o segundo jogo no estádio Amigão, em Campina Grande.

foto: Paraibaonline

foto: Paraibaonline

PRIMEIRO TEMPO
Jogando em casa e precisando de um bom resultado para avançar na competição nacional, o Campinense começou a partida ditando o ritmo do jogo, principalmente com troca de passes no meio campo e jogadas rápidas pelas laterais, mas encontrava o Brasiliense bem postado, pronto para encaixar um contra-ataque e abrir o placar. Tanto que a primeira chance de perigo real veio mesmo pelos lados do time mandante.

Aos 21, o zagueiro Lúcio falhou e acabou perdendo a bola no meio-campo. Com isso, Thiago Potiguar aproveitou a falha e arrancou para área, batendo na saída do goleiro, mas bem posicionado Preto Costa conseguiu afastar o perigo para salvar o Brasiliense de sofrer o primeiro gol. Nos minutos finais, o Brasiliense se lançou ao ataque e equilibrou a partida. Apesar disso, o primeiro tempo terminou mesmo empatado sem gols.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, o técnico Ruy Scarpino colocou o meio-campista Marcelinho em campo e deu mais velocidade ao ataque do Campinense, que seguiu pressionando em busca do primeiro gol e criando as melhores chances do duelo. Porém, em um lance de contra-ataque, aos 18 minutos, Radamés disparou pela direita e lançou Nunes na área. Mas o atacante perdeu o tempo da bola e não conseguiu colocar o Brasiliense na frente do placar.

Depois disso, o Campinense voltou a fazer pressão para abrir o placar e levar o duelo para os pênaltis. E foi o que aconteceu. Aos 44 minutos, Denilson – que havia acabado de entrar na partida – recebeu na área e só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes. A partir daí, ambas as equipes foram para o tudo ou nada, mas sem sucesso. A partida terminou mesmo com a vitória magra do time paraibano, por 1 a 0.

Ficha Técnica

Campinense: Jeferson, Alex Murici, William Goiano, Rafael Jansen e Zeca; Felipe Macena, Gustavo Henrique (Denilson), Jackinha (Marcelinho) e Thiago Potiguar (Marcinho); Danillo Bala e Eduardo. Técnico: Ruy Scarpino
Brasiliense: Edmar Sucuri; Gabriel, Lúcio, Preto Costa e Wellington Saci; Thiago Pedra, Radamés, Peninha (Helton Felipe) e Morais (Tatá); Nunes e Erick Flores (Felipe Cirne). Técnico: Ailton Ferraz

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Martins e André Bittencourt (RS)
Gols: Denilson (C), aos 44 min do 2º tempo
Cartão amarelo: Preto Costa e Radamés (B), Marcinho (C)

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube