Fechar

logo

Fechar

120 casais dizem ´sim´ em pleno Parque do Povo com muita emoção

Da Redação com Codecom/CG. Publicado em 12 de junho de 2018 às 23:19.

Foto: Codecom/CG

No dia mais romântico do ano, dedicado aos Namorados, a Prefeitura de Campina Grande promoveu a trigésima edição do seu tradicional Casamento Coletivo. Em 2018, 120 casais concretizaram o sonho da formalização legal de sua união.

O casamento aconteceu na noite desta terça-feira, 12, na Pirâmide do Parque do Povo, sob o testemunho do prefeito Romero Rodrigues e da primeira-dama do município, Micheline Rodrigues, além de outras autoridades e familiares dos noivos, que prestigiaram um dos eventos mais aguardados do Maior São João do Mundo, justamente na véspera do Dia de Santo Antônio, considerado o “Santo Casamenteiro”.

De acordo com o prefeito Romero Rodrigues, o casamento coletivo é uma iniciativa da prefeitura como demonstração do respeito aos valores familiares, estimulando e concretizando a união de casais em Campina Grande.

“Por isso, ao lado da minha amada esposa, Micheline, neste dia tão especial – o dia dos Namorados – estou aqui para apresentar meus votos de parabéns a todos vocês e desejar que Deus os abençoe”, afirmou o prefeito, que também agradeceu a toda equipe da Secretaria de Cultura pelo empenho e realização do evento, elogiando o esforço do secretário Joia Germano e da coordenadora Gisele Sampaio.

Na companhia do prefeito, compondo a mesa de autoridades, estavam o deputado federal Pedro Cunha Lima; secretário de Cultura, Joia Germano; promotor Berlindo Estrela; vereador e vice-presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Márcio Melo; juíza de Direito, Ivna Mozart Bezerra Soares e a primeira-dama Micheline Rodrigues.

Foto: Codecom/CG

As autoridades e o público presente acompanharam a celebração do casamento, comandada pela juíza de Direito, Ivna Mozart, que apresentou a sua mensagem em forma de versos. Ela apresentou o poema “A lei do Coração”. Segundo a juíza:

“O amor tem suas razões
Que a própria razão desconhece
As diferenças logo se escondem
Quando o coração amolece”.

Para ao final, arrematar, inspirada em um mote que lhe foi dada pelo prefeito Romero Rodrigues:

“Por isso, os declaro casados
Em nome da lei do coração
E que se soltem nunca mais
Após essa declaração!”

Para o casal Joilson Ferreira Barros e Márcia Tavares, “o casamento coletivo representa a concretização de um sonho de amor deles e de outras dezenas de casais”. Aproveitaram para elogiar e agradecer o trabalho da Prefeitura de Campina Grande que, mais uma vez, tomou a iniciativa de realizar este momento marcante do período junino da cidade. “Recebemos toda orientação, apoio e condições para que o nosso sonho se realizasse nesta noite”, disseram.

Toda esta emoção deste e de outros casais teve como palco a pirâmide do Parque do Povo, que recebeu uma decoração especial, com flores do campo coloridas (cerca de 3 mil hastes), adornos e uma passarela vermelha para receber os 120 noivos.

Foto: Codecom/CG

A proposta consistiu em transformar a Pirâmide em uma grande capela para receber noivos e seus convidados, com adornos que fazem reverência ao momento do casamento religioso, além de remeter ao contexto da festa junina.

Os convidados foram acomodados em arquibancadas com capacidade para mil pessoas. E todas as demais cadeiras dispostas na Pirâmide foram cobertas com tecidos brancos. Quem assinou toda essa decoração especial para a Pirâmide do Parque do Povo foi Soares Rocha, renomado decorador de Campina Grande, que montou uma equipe especial para essa ocasião (10 pessoas).

Destaques e diferenciais da celebração

Neste ano, o cortejo dos noivos seguiu de forma diferenciada. Os homens entraram primeiro e aguardaram as noivas no altar. Outro momento sempre muito esperado pelo público é quando as noivas jogam os buquês, ao mesmo tempo, para o alto.

Foto: Codecom/CG

Só que neste ano houve um grande diferencial. Quem teve a sorte de “agarrar” um buquê será contemplado com o casório no próximo ano. Ao final da grande festa de casamento o grupo Os Três do Nordeste animou o público e os noivos com um tradicional arrasta pé.

Neste ano, além da Filarmônica Municipal Epitácio Pessoa, o Coral Coro em Canto, da Universidade Federal de Campina Grande, apresentou um repertório com canções que remeteram aos clássicos da MPB e também do cancioneiro popular. Cerca de 80 músicos, entre instrumentistas e intérpretes, apresentarão uma verdadeira opereta nordestina.

Já o tradicional Bolo da Noiva teve caracteres que remeteram ao período junino. Por isso, a decoração do bolo de casamento também foi especial, com partes em estampas, fitas e, acima do bolo, um pequeno casal junino. Já o brinde foi realizado com espumante, outro destaque da celebração.

Grande mobilização assegurou sucesso do evento

Para promover a união legal dos 120 casais centenas de colaboradores foram mobilizados nos últimos meses para assegurar toda a beleza e ritual do evento. Esses ritos preparatórios envolvem desde a parte burocrática (do casamento civil), até a parte festiva que reúne decoradores, maquiadores, cabeleireiros, cerimonialistas, equipe de alimentação e de serviços gerais.

Foto: Codecom/CG

Além disso, auxiliaram na coordenação do Casamento Coletivo equipes da Senac e do Clube da Bolsa. Por parte da PMCG, integraram a equipe da coordenação do evento (cerca de 70), como também servidores do cartórios e outros profissionais.

Conforme a coordenadora Giseli Sampaio, a maratona envolvendo centenas de pessoas e detalhes minuciosos começou há quase três meses, no período das inscrições, quando equipes foram designadas para receber toda a documentação dos casais interessados em formalizar suas uniões durante o Casamento Coletivo realizado no Parque do Povo.

Desde, então, foram sendo selecionadas as equipes responsáveis pelo aluguel e ajustes necessários nos ternos e vestidos das noivas, confecção dos bolos e doces do casamento, aluguel das louças usadas na festa e na produção dos buquês.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube