Fechar

Fechar

Sinepec rebate Sindicato dos Professores em renegociação de acordo coletivo

Da Redação com Ascom. Publicado em 16 de maio de 2018 às 22:02.

A direção do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino de Campina Grande (Sinepec) rebateu nesta quarta-feira, 16, a postura radical tomada pelo Sindicato dos Professores, no que diz respeito ao processo de renegociação do acordo coletivo de trabalho.

Conforme professor Antônio Andrade Irmão (foto), presidente do Sinepec, a proposta inicial apresentada assegura todos os direitos sociais em vigor, estando pendentes apenas a definição quanto as datas e horários das assembleias liberadas, como também as homologações das rescisões, que foram extintas pela reforma trabalhista.

Quanto à questão financeira, a proposta apresentada, de acordo com Andrade, contempla a reposição da inflação mais produtividade, que chega a 3,3 %, maior do que o reajuste do salário mínimo que foi de 1.8%. “Propomos um piso salarial de R$ 703, muito próximo ao piso pago pelo estado, que é de R$ 760”, afirmou.

Conforme garantiu o presidente do Sinepec, na próxima sexta-feira, dia 18, as escolas privadas de Campina Grande irão abrir normalmente, para receber alunos e professores, sejam eles sindicalizados ou não e que, segundo ele, não compactuem com o processo de radicalização promovido pelo Sindicato dos Professores.

“Reiteramos a disposição para o diálogo, mas não podemos aceitar posicionamentos que vão de encontro ao grave momento econômico pelo qual passa o país”, assegurou, acrescentando que atitudes radicais como essa, tomadas pelo Sindicato dos Professores, só agravam a atual situação econômica brasileira.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube