Fechar

Fechar

Sindicato diz que vai acionar a PF, caso Aliança não contrate empresa de vigilância

Da Redação. Publicado em 31 de maio de 2018.

Foto: Paraibaonline

foto: Paraibaonline

O presidente do Sindicato dos Vigilantes em Campina Grande, Edmir Bernardo, fez mais um apelo para que a empresa Aliança, responsável por gerir o Maior São João do Mundo, contrate profissionais de vigilância capacitados pela Polícia Federal para atuar no evento

Conforme Edmir, a lei 7.102/83 determina que em eventos com mais de três mil pessoas têm que ser feito com empresas de vigilância, com profissionais capacitados para grandes eventos.

– Ano passado foi contratada uma empresa não regulamentada pela Polícia Federal e este ano esperamos que a Prefeitura e a Aliança contratem uma empresa de vigilância, para colocar, por exemplo, na portaria. O comandante essa semana disse que a questão da segurança na portaria é com a segurança privada, e não com a polícia, para fazer as revistas – explanou.

Edmir frisou que o Sindicato teve uma audiência pública no último dia 9 no Ministério Público do Trabalho e que foi protocolado ofícios para o Ministério Público Federal e para a Polícia Federal.

– Se não for contratada uma empresa de vigilância para fazerem a revista nas portarias vamos procurar a Polícia Federal, pois temos uma informação extraoficial de que vão contratar seguranças para trabalharem nos camarotes particulares – reforçou.

*As declarações repercutiram na Rádio Correio FM, nesta quinta-feira, 31.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube