Fechar

Fechar

Progressista revela estremecimento entre partidos da oposição na escolha de Lucélio

Da Redação. Publicado em 3 de maio de 2018 às 18:05.

O Progressistas, partido liderado pelo vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro, ainda não definiu qual rumo tomar nas eleições desse ano na Paraíba.

A deputada estadual e filha de Enivaldo, Daniella Ribeiro, disse que o partido não tem pressa, vai ouvir as bases e realizar palestras nos municípios para entender a vontade dos eleitores.

Em entrevista à Rádio Campina FM, Daniella ressaltou a importância do PP para o Estado e a grande contribuição do partido para a construção de mais de 68 mil unidades habitacionais em toda Paraíba, sendo mais de 4 mil em Campina Grande e mais de 8 mil em João Pessoa.

No total, o volume de recursos conseguidos pelo Progressistas para a Paraíba, segundo a deputada, ultrapassa os R$ 7 bilhões.

Daniella acredita que por conta do histórico do PP, o tempo de televisão, a construção de cenários para a Câmara dos Deputado e para a Assembleia Legislativa, com os nomes que se filiaram ao partido durante a janela partidária, o partido deveria ser melhor lembrado nas eleições deste ano.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

– O Progressistas já contribuiu muito com a Paraíba e é importante para a construção desse Estado. Temos e vamos discutir, em seminários, temas de desenvolvimento econômico, energia renovável, geração de emprego e renda. A visão progressista contempla toda a Paraíba – disse.

Perguntada se a decisão do PSDB em apoiar a pré-candidatura de Lucélio Cartaxo, irmão do prefeito de João Pessoa, Luciano, ambos do PV, teria estremecido a relação entre os partidos da oposição, Ribeiro foi enfática:

– Claro que houve estremecimento no relacionamento, não só por parte do Progressistas, mas também dos partidos que compõem a oposição. Houve sim uma chateação no sentido de que não ficamos satisfeitos com a forma e a condução do processo feito pelo PV e PSDB. Não que os partidos não pudessem tomar suas decisões, mas pela forma que vínhamos conduzindo e discutindo com todos os partidos participando. A forma como escolheram um pré-candidato foi um equívoco de condução. Deveria ter se ouvido a população, feito pesquisa qualitativa e quantificava e discutido nomes – disse.

As informações são da Rádio Campina FM.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube