Fechar

Fechar

Partida encomendada rendia até R$ 50 mil a árbitros do Paraibano, diz delegado

Da Redação. Publicado em 5 de maio de 2018 às 9:32.

Foto: Ascom / Polícia Civil

Alguns árbitros de futebol que atuaram no Campeonato Paraibano de 2018 podem ter recebido até R$ 50 mil por jogo para favorecer equipe A ou B durante o curso da competição.

É o que destaca, em matéria de capa, a edição desta quinta-feira do jornal  Correio da Paraíba, que repercute  entrevista do delegado Lucas Sá, responsável pela investigação da Operação Cartola, desencadeada pela Delegacia de Defraudações e Falsificações da Polícia Civil e pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba. Supostas irregularidades no futebol paraibano, como manipulação de resultados, estão sendo investigadas desde o início da temporada.

Ao periódico, Lucas Sá afirmou que há comprovações que os clubes que melhor tiveram um desempenho no certame deste ano foram favorecidos diretamente.

– O que a gente pode dizer é que tem episódios com fortes indícios de que os clubes que foram favorecidos tiveram melhor desempenho. Isso desde o início do campeonato até as fases decisivas. De fato, esse favorecimento foi decisivo para que os clubes tivessem um bom resultado no campeonato. É um fato – declarou.

Veja matéria completa AQUI

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube