...

Campina Grande - PB

Operação prende servidor do TJPB e advogado por suspeita de fraudes em alvarás

09/05/2018 às 10:40

Fonte: Da Redação

Uma operação realizada pela Polícia Civil nesta quarta-feira (9), no Sertão da Paraíba, prendeu um servidor do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) e um advogado, suspeitos de fraudar alvarás judiciais.

Além dos dois mandados de prisão, cumpridos nas cidades de Sousa e Patos, também foram expedidos para a operação “Al-Barã” sete mandados de busca e apreensão.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

Segundo a polícia, as investigações têm como princípio o esquema de um servidor do fórum de Sousa com outros advogados do Sertão. Eles estariam falsificando assinaturas de juízes, alvarás com valores de R$ 70 a mil a R$ 100 mil, criando números de processos judiciais ou utilizando números de processos já arquivados pela Justiça.

No caso dos alvarás, a maioria, conforme as investigações, era voltada para a área da saúde, em que o governo do Estado arcava com processos médicos requeridos pela população.

Ainda sobre a operação, a polícia informou que por enquanto não vai divulgar os nomes dos suspeitos. Eles foram encaminhados para o batalhão da Polícia Militar em Patos e aguardam audiência de custódia.

A estimativa é que o esquema tenha desviado mais de R$ 1,5 milhão.

MAIS INVESTIGAÇÃO

Além do advogado e do servidor preso, outros três advogados de Sousa estão sendo investigados. A Polícia Civil também informou que a operação, acompanhada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), Ordem dos Advogados do Brasil Seccional de Sousa (OAB) e pela presidência e corregedoria do TJPB, terá uma nova fase, tendo em vista a existência de documentos pendentes para análise e investigação.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons