Fechar

Fechar

Em Campina, reunião sobre preliminares do Censo Agropecuário 2017 é realizada

Da Redação com Codecom/CG. Publicado em 16 de maio de 2018 às 16:25.

Dados preliminares do Censo Agropecuário 2017 foram alvo de uma reunião realizada na manhã desta quarta-feira, 16, no auditório da Embrapa/Algodão de Campina Grande.

O encontro contou com a presença do coordenador operacional do censo, Francisco Eugênio do Nascimento Silva, além do coordenador da subárea de Campina Grande, Livaldo Albino.

A reunião contou, ainda, com a presença do economista Rosalvo Menezes, da Prefeitura Municipal de Campina Grande; representantes da Embrapa, da Emater e de lideranças rurais.

De acordo com Francisco Eugênio, foram apresentados no encontro apenas alguns dados preliminares, mas que estão sujeitos a possíveis mudanças. Explicou que os dados oficiais serão apenas divulgados no próximo mês de julho.

Conforme relatou, o trabalho de coleta de dados em Campina Grand aconteceu durante o período de cinco meses, entre outubro de 2017 a fevereiro de 2018.

Foto: Codecom/CG

A meta inicial era de que seriam visitadas 2.114 propriedades rurais, mas os 506 recenseadores estiveram em 2.428 propriedades.

Ele explicou as dificuldades enfrentadas para a realização deste trabalho, mas ressaltou a importância do censo, sobretudo para o desenvolvimento de políticas públicas com base nos dados coletados.

Destacou que, entre os itens pesquisados, estavam dados sobre setores como agricultura, pecuária, sistema de preparo de solos, transportes, equipamentos, extração vegetal, áreas irrigadas, principais produtos regionais e vários outros.

Francisco Eugênio informou, por exemplo, que ficou constatado preliminarmente que o município se destaca na agroindústria com a produção de queijo e de requeijão (93 estabelecimentos dedicados a este tipo de produto).

Chama a atenção, na área de extração vegetal, a exploração da lenha, com 323 estabelecimentos declarando que fazem este tipo de atividade.

Já no efetivo de bovinos, em 427 propriedades existem 5.400 cabeças de gado, com produção anual de 3 milhões e 550 mil litros de leite.

Enquanto isso, na área de máquinas, tratores e equipamentos, 38 estabelecimentos dispõem 41 tratares, além de outros recursos materiais para o cultivo da terra.

No campo dos transportes, o destaque ficou com as motos. Segundo os dados, 235 propriedades contam com 245 motos.

Estes e muitos outros dados serão apresentados definitivamente em julho, conforme ressaltou a coordenação deste censo.

Esta iniciativa contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Campina Grande, por meio da Secretaria de Agricultura e de outros setores administrativos.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube